A revolução dos direitos – antropologia

Categories: Trabalhos

0

A revolução dos direitos – Antropologia a) Membros de determinados grupos que sofreram, historicamente, alto grau de discriminação, têm demandado reparações sob a forma de sistemas de cotas, gestos simbólicos e terras. Em que medida os cidadãos de hoje são obrigados a compensar injustiças do passado? Resposta: imposto uma ideologia á sociedade, em que nos diz, que vivemos em um país sem discriminação, que as leia são para todos, que a educação é para todos, porém é visível a mostra da desigualdade.

Em É dicífil dizer, porém iscriminados, mas p classe social, aos índi tempos que a socied nós. ora gados a aceitar?! que diz incluir os rar direitos, à cor, ? m preconceito. E há a cultura imposta ? Deveria haver mais o multiculturalismo e a diversidade étnica respeitada. Reconhecer a igualdade todos as culturas, tratar como normal a questão de inserir por exemplo a cultura afro descendente nas escolas, pois isso somos nós, Swipe to view next page nós, somos um país miscigenado, iguais por dentro, com mesmos sonhos e capacidades.

Ao invés de oferecer às classes inoritárias descriminadas somente a igualdade formal de direitos, oferecer a oportunldade de acesso à educação e ao emprego, não só direito de competir com os demais segmentos da sociedade, mais também permitir que eles se habilitem para a competição. Somos iguais. Queremos ser tratados como tais. Não como se mendigássemos. Os cidadãos são obrigados a compensar as injustiças na medida em que não se é dada outra opção. Tendo que se contentar, se conformar com o que se consegui até hoje.

Ou então usar atos e manifestações e indignação, e com pouco resultado, já que a polltica tem interesses próprios, e a população, na sua maioria é alienada aos assuntos de seu próprio país. Muitos nem querem saber, outros são ignorantes por falta de oportunidade e muitos querem fazer algo, sem saber como b) A revolução dos direitos tem fragmentado as culturas nacionais ou pela legitimação das queixas dos grupos que foram excluídos ou pela renovação do orgulho de sua identidade e de suas heranças culturais. A afirmação está corr

PAGFarl(F3 renovação do orgulho de sua identidade e de suas heranças culturais. A afirmação está correta? Porquê? Sim. Bem temos essas duas faces da revolução dos direitos. Uma com as queixas dos grupos excluídos. Que é verdade, e com razão, pois há de certa forma uma exclusão. O Brasil é confundido com uma democracia racial, porque no país, essa “democracia” aparece muitas vezes como objeto invisível, sem tensões abertas e conflitos permanentes realmente expostos à midia ou para as próprias populações envolvidas.

Os dados do cotidiano não aparecem realmente nas estatística. E há também aqueles que foram discrmlnados de alguma forma, porém eles mesmos os achavam assim, fora do que se pode ser o “normal” para a sociedade. Esses renovam seus orgulhos por achar que foram reconhecidos em uma “falsa ” ideologia pregada, e só aí começam a aceitar suas heranças étnicas, culturais ou sociais. De modo que, entre os próprios grupos discriminados há uma divisão de pensamentos e de formas de reagir e exigir direitos, que já deveriam ser de todos. PAGF3ÜF3

Serviço social surgemento

0

Serviço social surgemento O surgimento do serviço social, A história do serviço social está ligada aos fatos históricos, a história

Read More

Programa em c++

0

Descrição narrativa “Conversor de moedas” * Declarar variáveis do tipo flutuante; * O programa pede para o usuário o valor;

Read More