Aplicação de conceitos de learning organization

Categories: Trabalhos

0

Aplicação de Conceitos de Learning Organization utilizando CBR e Agentes de Busca no Apoio a Gestão do Conhecimento na Área Médica Kátia Francelino Tomital, Miriam Jacly Donini2, Odete Throniecke3, Luiz Fernando de Almeida Garrett4 1 ,2,3Curso de especialização – MBA em Sistemas de informação , Centro de Ciências Exatas e Tecnológicas, pontifícia Universidade Católica do Paraná (PUCPR), Brasil 4Programa de Pós-Graduação em Tecnologia em Saúde, Centro de Ciências Biológica or 13 Pontifícia Universida Cat CPR), Brasil Resumo – Este artigo baseia-se em uma pesquisa bibliográfica na web sobre a aplicação dos conceitos de gestão do conhecimento e Learning Organization ,utilizando ferramentas CBR (Raciocínio baseado em casos) e agentes de busca para melhoria no processo investigatório e de pesquisa apoiando o diagnóstico através de sinais, sintomas (evidências), anamnese e condições físicas do usuários SUS (Sistema Único de Saúde) com a realização de procedimentos ou condutas que tragam um aperfeiçoamento quanto ao tratamento de pacientes na área da Saúde Pública. Palavras-Chave:Gestão do conhecimento, Learning Organization, Diagnóstico, Saúde Pública. Key-words: Learning Organization, CBR, Search Engine,Knowledge Management,Diagnostic, Public Health.

Introdução Pretendemos focar a aplicação dos conceitos de Learning Organization, através da utilização de conceitos de CBR e agentes de busca, na área de atendimento médico eletivo. Utilizando o CBR (Raciocínio Baseado em Casos), tecnologia de representação e processamento de conhecimento que utillza a experiência passada para resolver problemas, iremos sugerir um modelo teórico de sistema especialista para atender especificamente pacientes que estão em processo de atendimento eletivo, havendo tempo para pesquisa de uma ase de conhecimento para auxilio no atendimento. Esta base será alimentada continuamente por novos casos, selecionados pelo próprio especialista.

O conhecimento também poderá ser obtido através de agentes de busca, realizando pesquisas na internet, onde a idéia é acumular descrições de “casos” na área, por analogia, quando um determinado problema é smilar a um outro já resolvido. Desta forma, a solução já aplicada ao problema anterior pode ser utilizada novamente ou adaptada para o caso em questão, desta maneira o conhecimento individual será disseminado, gerando assim uma organização aprendente. Metodologia Através de pesquisa bibliográfica e na web estaremos expondo um estudo sobre a aplicação de conceitos de Gestão do Conhecimento e Learning Organization para melhoria no processo investigatório e a realização do procedimento médico, ? fim de formar uma base através de casos coletados.

Justificativa 13 Partindo do pressuposto que temos um paciente, com uma doença que impede sua trajetória normal; um médico especialista, algumas vezes oriundo da indicação de outro, com um código de ética a seguir e ainda a adoção de passos próprios para a realização de um trabalho satisfatório e seguro; uma oença classificada como de atendimento eletivo ou até mesmo de emergência[1][2]; e um procedimento a ser realizado de forma adequada e que não venha agravar ou até mesmo levar ? extremos ainda mais alarmantes; é importante considerarmos alguns atributos para categorizar e aplicar uma ferramenta que auxilie de forma eficaz o processo investigatório das condições do paciente para a realização do procedimento.

Com a aplicação dos conceitos de Learning Organization juntamente com agentes de busca e técnica CBR, é possível precisar com uma margem pequena de erro, quais os passos antecedentes a realização o procedimento prevendo uma indicação de profissional especialista ou até mesmo uma complicação no momento da aplicação deste procedimento. Conhecimento e aprendizado Ter conhecmento é resultado da anállse de Informações, notícias e idéias adquiridas e aplicadas durante as experiências vividas ao longo do tempo. SVEIBY , buscou definir os recursos de conhecimentos existentes em uma organização em três tipos [3] [4]: 1 . Recursos da estrutura externa; 2. Recursos da estrutura interna; 3. Competência das pessoas.

Conhecimentos Tácitos e Explícitos É posslVel adotar duas dimensões para a classlficação dos conhecimentos: Conhecimentos Tácitos, e está associado ao conhecimento do “expert” na solução de problemas, ou ainda a agilida associado ao conhecimento do “expert” na solução de problemas, ou ainda a agilidade que nos permite a tomada de algumas decisões. 2. Conhecimentos explícitos, é o conhecimento que pode ser formalizado, sistematizado e facilmente comunicado[5]. Novos conhecimentos são frutos das experiências, tentativas e erros de cada indivíduo, é um processo social que depende em grande parte da interação com o outro. Com a interação uma empresa passa a Gerar Conhecimento, e o processo passa a ser uma “Espiral de Conhecimento”. A espiral começa novamente depois de ter sido completada, porém em patamares cada vez mais elevados, ampliando assim a aplicação do conhecmento em outras éreas da organização.

Grupos de discussão ou treinamentos são exemplos de mecanismos usados para fazer com que estes conhecimentos sejam absorvidos pelos indivíduos deste grupo. [5][6][7] Perspectivas do conhecimento A interação de um indivíduo ou de um grupo e a oportunidade de conhecer, podem trazer algumas diferentes perspectivas de aprendizado, que relacionamos a seguir: Processo Criativo Individual: Segundo o princípio da pirâmide de ecessidades” de Maslow, a criatividade está associada ao último estágio de desenvolvimento de uma pessoa, o estágio de auto- realização (ou auto-atualização), que só é possível com o atendimento das quatro necessidades anteriores, ou seja, necessidades fisiológicas, de segurança, sociais e de estima.

Perspectiva Grupal e Organizacional: O real aprendizado está intrinsecamente associado ao ser humano e à capacidade de particlpar do “processo gerador da vida” e as Learning Organizations seriam aquelas organizações que estão, co “processo gerador da vida” e as Learning Organizations seriam quelas organizações que estão, continuamente, expandindo sua capacidade de criar e recriar seus respectivos futuros, segundo SENGE [7] Gestão das Competências: Éo elo entre conhecimento e estratégia. Não pode ser copiada com exatidão, é transferida pela prática. Gestão do Capital Intelectual: Cap•tal Intelectual é a soma do conhecimento de todos em uma organização, o que lhe proporciona vantagens competitivas sob seus concorrentes. Aprendizagem Organizacional: É a capacidade das organizações em criar, adquirir e transferir conhecimentos e em modificar seus comportamentos para refletir estes novos conhecimentos e nsights..

Inteligência Empresarial: Processo analítico que transforma informações públicas desagregadas em conhecimento estratégico relevante, acurado e utilizável, sobre concorrentes, sua posição no mercado, performance, capacidades e intenções. Educação Corporativa: Os ambientes de aprendizagem passam a ser reestruturados de forma a tornarem-se proativos, centralizados, determinados e estratégicos e o resultado esperado é o “aprender fazendo”. Sistemas de raciocínio baseado em casos – CBR O raciocínio baseado em casos é uma técnica para resolver novos problemas utilizando de maneira adaptada as soluções usadas na esolução de problemas anteriores semelhantes. A aprendizagem a partir de experiências é um mecanismo natural de nossas vidas e por isso considerada uma das grandes vantagens do CBR.

O Conhecmento é formado pela experiência em resolver problemas, um profissional de Medicina, por exemplo, permanece durante anos em uma escola aprendend problemas, um profissional de Medicina, por exemplo, permanece durante anos em uma escola aprendendo a respeito do corpo humano, isto é o conhecimento genérico da área. progressivamente, ele é confrontado com pacientes e acompanha os diversos tratamentos aplicados. Esses casos onstituem o conhecimento especifico, exemplificado através de cada tratamento médico aplicado com sucesso. O estudante está construindo com elas seu banco de memórias. A repetição do procedimento segue uma sequência de passos a ser seguido sempre que um mesmo tipo de problema for enfrentado.

Essa experiência vivida é chamada de caso e a utilização de casos passados na solução de outros novos será tanto mais eficiente quanto melhor compreendldos forem os casos antenores Tem-se então que a tecnologia CBR (Case-based Reasoning) é a representação e processamento de conhecimento que utiliza experiência passada para resolver problemas. O princípio é descrever e acumular “casos” na área do conhecimento especializado, neste caso a área médica, e tentar descobrir, por analogia, quando um determinado problema é similar a um outro já resolvido. Desta maneira, a solução já encontrada para um problema pode ser utilizada novamente ou adaptada para o novo caso.

No CBR o conjunto dos casos é indexado por seus atributos mais significantes, peso pelos atributos, de forma a agilizar a busca e recuperação de casos similares. O sistema recupera o caso em que a descrição mais se aproxima daquela do problema presentado, e adapta-o para ajustar-se ao novo problema e apresentar a solução mais adequada. O novo caso, assim modificado, é apreendido pelo sistema e passa a fazer parte PAGF 13 solução mais adequada. O novo caso, assim modificado, é apreendido pelo sistema e passa a fazer parte do banco de casos disponíveis. Os conceitos de racloc(nio baseado em casos já podem ser encontrados comercialmente em um produto desenvolvido na Alemanha, o CBR-Works. 9] CBR-Works é um pacote que está voltado para o desenvolvimento de aplicações dentro do enfoque de sistemas de Raciocínio Baseados em Casos, objetivando a resolução de problemas e prendizagem com base em experiências passadas. O CBR Works atende ao processo cíclico, integrado de resolução de um problema, aprendizagem desta experiência e resolução de um novo problema, e assim, sucessivamente. Esta ferramenta comporta tanto o desenvolvimento de uma aplicação nova como o desenvolvimento a partir de um banco de dados já existente, ela adequa-se ao desenvolvimento de um sistema na área de diagnose em consultas eletivas pois aplica os conceitos de Racioc[nio Baseado em Casos de maneira eficiente e prática, possibilitando assim o desenvolvimento do sistema com aior rapidez e sem preocupação com elaboração de algoritmos.

O grande ponto positivo do CBR, além da credibilidade psicológica pois é baseado na memóna humana, na maneira humana de raciocinar e resolver problemas, é a facilidade na aquisição de conhecimento e a possibilidade do mecanismo natural de aprendizagem, ou seja, o aprendizado com a experiência, isto favorece de sobremaneira ao nosso objetivo de atingir a aplicação dos conceitos de Learning Organization na empresa. Agente de pesquisa Agente de pesquisa (search engine) é um Instrumento que permite encontrar páginas na Internet que contenham os term ngine) é um instrumento que permite encontrar páginas na Internet que contenham os termos, ou seja, as sequências de caracteres, que lhe é passado como parâmetro, como exemplo o Google. Os agentes de pesquisa devem dispor de uma extensa base de dados sobre páginas da Internet por eles anteriormente indexadas.

Verifica-se uma grande variação entre os agentes quanto aos métodos de indexação e ao número de páginas que indexam. [l O] Os agentes de pesquisa dispõem de um programa que percorre automática e periodicamente as páginas da Internet que são capazes de detectar e que satisfazem critérios previamente efinidos. As páginas assim identificadas são então indexadas automatlcamente, no seu todo ou em parte. O índice resultante é armazenado numa base de dados. Os agentes de pesquisa procuram a forma dos termos, ou seja, as seqüências de caracteres que os compõem, e não o conceito que lhes está subjacente, que ignoram totalmente. Os agentes de pesquisa desempenham assim uma função idêntica à dos índices de palavras de um livro. 1 1] Sugerimos para fazer parte da base de dados de páginas quatro páginas relevantes na área de medicina, estas páginas são constantemente atualizadas e possuem conteúdo íntegro: Medline http://www. ncbi. nlm. nih. gov/entrez/query. fcgi Embase http://wvw/. embase. com/otherdb Cochrane Library http://w’. w/. cochrane. org Best Evidence http://wmw. bestbets. org O objetivo final da utilização de Agentes de Busca é precisamente uma página de respostas com uma lista de ligações, cada uma das quais aponta para uma á ina que satisfaz a nossa interrogação e é geralmen da de um seu breve página que satisfaz a nossa interrogação e é geralmente acompanhada de um seu breve trecho. Para obter cada uma dessas respostas, basta clicar na ligação correspondente. Guidelines

Partindo da preocupação do uso apropriado dos recursos médicos pesquisadores do sistema de saúde documentaram condutas médicas, uso apropriado de intervenções médicas, e uma ampla disseminação das tecnologias médicas. Essas observações despertaram interesse na possibilidade de melhora na qualidade da saúde e controle do custo, através da redução dos tratamentos Inapropnados e ineficazes, assim surgiram os guidelines. Guidelines são condutas ou guias que devem ser utilizados durante a avaliação e manuseio dos pacientes com condições clínicas específicas. São desenvolvidos a partir de um consenso nvolvendo experiências de especialistas conceituados, revisões literárias e pesquisas científicas, banca de profissionais. O objetivo é o alcance de práticas mais consistentes, eficazes e eficientes, possibilitando assim um melhor prognóstico.

Guidelines são ferramentas signiflcativas na assistência de tomada de decisões. [12] Vemos como principal vantagem na utilização de Guidelines sua característica de veículo de aprendizado e atualização dos conhecimentos médicos, pois ele é o resultado da uniformização e sumarização das práticas médicas, ou seja, são formulados por rupos de especialistas conceituados, gerando a uma maior confiabilidade nos procedimentos, e disponibilizando seus conhecimentos aos demais. [13] Na figura 1 temos um exemplo de um Guideline para um caso de Cefaléia : Figura 1 – Exemplo de um Guideline Sugerimos o site http://w. na. ‘bv_ uidel para um caso de Cefaléia : Sugerimos o site http:/mm. ‘w. guideline. ov para embasamento das pesquisas a respeito de Guidelines, este site tem conteúdo idôneo é baseado nos critérios da National Guideline Clearinghouse (NGC), uma estrutura pública americana, financiada pela Agency for Healthcare Research and Quality AHRQ) em associação com a American Medical Association (AMA). Resultado Utilizando os conceitos teóricos de Learning Organization aliados à tecnologia CBR, agentes de busca e Guidelines aplicados à área de saúde, sugerimos o desenvolvimento de um sistema para auxílio no atendimento eletivo. O modelo teórico proposto terá como objetivo divulgar e agregar o conhecimento existente nas empresas, mantendo a qualidade no atendimento disponibilizado. Sugerimos o desenvolvimento de um banco de conhecimentos utilizando a ferramenta CBR-Works ou ferramenta similar.

Este banco deverá contemplar os sintomas, diagnósticos procedimentos dos casos tratados. Utilizando o agente de busca, alimentado com palavras-chave do diagnóstico o sistema disponibilizará o endereço das paginas com assuntos relacionados. Sendo assim, na figura 2 demonstramos através de um fluxograma o funcionamento do modelo teórico sugerido para um caso especifico: Figura 2 – Modelo sugerido para criação da Base de dados Neste caso o Guideline consultado seria o de Cefaléia mostrado no item Guideline ao lado, segundo o Manual de Guidelines da Amil. Através do diagrama acima fica bastante evidente como o modelo teórico proposto estabele de atendimento médico

Liderança emcional

0

A Doença de Alzheimer no dia-a-dia Ajude-o a fazer as coisas, mas não as faça por ele. Isto ajudá- lo-á

Read More

O que é a ilustração?

0

Metodologia da pesquisa Científico-Jur(dico Resumo: O que é Ilustração? Wanderléia Lima de Andrade. prof. Marcos José O que é Ilustração?

Read More