Atos e fatos contabeis

Categories: Trabalhos

0

OBJETIVOS DA EMPRESA Entendemos que uma empresa comercial tem dois objetivos básicos: LUCRO E CONTINUIDADE Uma empresa é constituída pra dar lucro a seus sócios ou acionistas, já que eles esperam ganhar mais aplicando num negócio de risco, do que estão acostumados a ganhar com suas aplicações como pessoas físicas. É criada uma empresa, com a idéia básica de ter um tempo de vida indeterminado, de permanência constante no mercado. Rarame encerramento de ati para atend os diretores, ou os d administrativos ou e OFII p om o intuito de amadas. ásicos, icam atos ministraçao patrimonial faz-se pela pratica de atos, com o objetivo de atender aos dois objetivos básicos da criação de uma empresa. ATOS E FATOS CONTÁBEIS Contábeis: Uma série de atos praticados, mas que não afetem imediatamente o patrimônio, não serão considerados fatos. A visita do sócio ao gerente de banco, com o objetivo de manter um bom relacionamento, não afeta de mediato o patrimônio da empresa; portanto não será considerado um fato. Atualmente, a teoria contábil da decisão trata as classes genéricas de fatos contábeis da mesma natureza sob o onceito de evento econômico.

FORMA DE CONTROLE -lal Studia por três pessoas. FATO 1: Entrada de capital inicial em dinheiro— MOMENTO ZERO FATO I Alterações: Caixa passou de 0, para $ 300 Patrimônio líquido passou de O para $300 $ 300,00 FATO 2- Aumento de capital em bens, sendo o valor do prédio $200 e do terreno $ 50. Terreno passou de 0 para $ 50 Prédio passou de 0 para $200 Patrimônio Liquido passou de $ 300 para $ 550 FATO 3:Depósito em Banco— $ 280 FATO 2 Caixa passou de $ 300 para $ 20 Banco passou de 0 para $ 280 FATO 4:Aplicaçao Financeira= $ 225 FATO 3 FATO 4

Banco passou de R$ 280 para $55. Aplicações Financeiras passou de O para $ 225 FATO 5: Compra de 3 carros por $ 320 sendo em cheque $20 e a prazo $300. Bens destinados a estoque e posterior revenda. , FATO 5 temporariamente uma perda, pois diminuir o patrimônio liquido significa estar perdendo parte do capital dos sócios. O novo patrimônio liquido neste caso foi obtido por diferenças utilizando- se a equação fundamental do patrimônio. PL=B+D-O (B+D Equivalem ao total do Ativo = $ 837) 837-300=537 FATO 7-Rendimento creditado de aplicação financeira: $ 4 FATO 6 FATO 7

ALTERAÇÕES: Aplicações Financeiras passou de $ 225 para $229 Patrimônio iquido passou de $ 37 para $ 541 Outra alteração do Patrimônio Liquido. Agora com acréscimo, em virtude do juro creditado. FATO 8 venda de um carro (adquirido por $ 100) por $ 154, sendo $77 a vista em dinheiro e $ 77 a prazo, recebendo uma promssórla. FATO 8 ALTERAÇÕES: caixa passou de $ 7 para $ 84 Promissórias a receber passou de 0 para 377 Mercadorias m estoque passou de $ 320 para $220, pois saiu um carro do estoque. Patrimônio Liquido passou de $ 541 para $595.

Outra alteração do Patrimônio Liquido. Outro acréscimo, em virtude do lucro obtido na venda da mercadoria ( $154-$100=$ 54). FATO 9:Pagamento de comissão ao vendedor do carro de $ 2, em dinheiro. FATO 9 Alterações: Caixa passou de $ 84 para $82. Patrimônio Liquido passou de S 595para 3593. Nova alteração do Patrimônio Li uido. Desta vez com decréscimo, em virtude d a comissão. contábeis: aqueles fatos que alteram a qualidade (composição) do património, sem alterar o patrimônio líquido, e aqueles fatos que alteram o patrimônio líquido.

Aos que não alteram o patrimônio liquido chamamos de fatos permutativos. Aos que alteram o patrimônio liquido, denominamos de fatos modificativos. Os fatos modificativos alteram o patrimônio liquido para mais ou para menos. Os fatos que alteram para mais, que aumentam o patrimônio liquido, são denominados de RECEITAS. Os fatos modificativos que diminuem o patrimônio liquido chamamos de DESPESAS. Daí se conclui que as despesas são fatos que provocam diminuição da riqueza da empresa, e as Receitas aumentam a riqueza da empresa.

Em outras palavras, o patrimônio liquido é diminuído por despesas e aumentado por receitas, excluindo-se, ? claro do conceito de receita, as aumentos de capital que dão origem à empresa. No nosso exemplo são permutativos os fatos 3,4,5 e 10. São modificativos os fatos 1 e 2 (aumentos e entradas de capital) e QUANTIFICAÇAO DOS GANHOS OU PERDAS Supondo que os dez fatos que analisamos detalhadamente consistam nas operações de um período de um mês, podemos através dos valores iniciais e finais do patrimônio liquido determinar o quanto a empresa ganhou ou perdeu nesse período.

Se houver crescimento do patrimônio liquido, a empresa ganhou, porque teve mais receitas que despesas. Se houver queda do valor do patrimônio liquido, a empresa perdeu, pois aconteceu o inverso, mais despesas que receitas. Vamos partir do fato 2, já que os crescimentos de patrimônio liquido por aumento de capital não são considerados ganhos. Assim, para sabermos quanto ganhamos num período, nesse mês que tomamos, por exemplo, basta subtrair do patrimônio liquido final o valor do atrimônio liquido inicial.

A diferença, se positiva, será ativa, será prejuízo do 40F $550 DIFERENÇA (LUCRO DO PERIODO) S 43 Assim, conseguiremos outra informação, adicional ao Balanço Patrimonial, que é o quanto a empresa ganhou desde o inicio das suas operações até agora, ao final do mês. DEMONSTRAÇÃO DOS GANHOS OU PERDAS (RESULTADOS). Acontece, porém, que para o empresário, ou para diretores das empresas, essa informação não é suficiente. Tanto quanto, ou até mais importante, do que saber o quanto ganhou é saber como ganhou.

Assim, temos que construir um sistema de informação que permita satisfazer essa necessidade igualmente vital dos empresários: responder como ganhou. A contabilidade se preparou para Isso. Vimos que os fatos modificativos que diminuem o atrimônio liquido são denominados Despesas, e os que o aumentam são denominados receitas. Toda vez que há uma ocorrência de despesas, além da alteração de algum outro elemento patrimonial (bem ou obrigação) também há ocorrência de uma do mesmo valor no patrimônio liquido.

O mesmo ocorre com as receitas. Assim podemos dizer que Despesas e Receitas são componentes do patrimônio liquido ou, em outras palavras, são Subgrupos do patrimônio liquido. No exemplo abaixo do Ativo e do Passivo os valores que afetam o Patrimônio Liquido. SISTEMA ANTERIOR NOVO SISTEMA Notem que no sistema anterior o valor do patrimônio liquido era de $ 537. No novo sistema, o patrimônio liquido continua evidenciando com o seu valor inicial de $ 550 ( os valores das entradas de capital).

Os $1 [am o patrimônio liquido 1 SISTEMA NOVO 03 Tomando o ultimo quadro, temos o acumulado do Total de Despesas e Receitas e sua discriminação, e assim podemos saber como foi obtido o lucro do período. Note que as despesas e receitas afetam o Patrimonio Liquido imediatamente a sua ocorrência. Apenas, a titulo de informação, deixaremos de registrar o impacto no Patrimônio Liquido inicial, com a finalidade de preservar a informação, já que temos o intuito de dar mais alguma coisa ao empresário. assim, as contas de despesas e receitas são explicações do ganho ou prejuízo, e não representam nada de bem ou direito ou obrigação.

Postergamos, só contabilidade, o registro no Patrimônio Liquido das receitas e despesas, para podermos ter as informações que julgamos necessárias. Ao final do período, podemos excluir essas contas, e incorporar ao valor do Patrimônio Liquido inicial o lucro ou prejuízo, mostrando, no final o período, o Patrimônio Liquido final, com o lucro ou prejuízo, ficando assim: DEMOSTRAÇÃO DA VARIAÇÃO DO PATRIMONIO LIQUIDO Com isso podemos eliminar todas as contas de receitas e despesas, que estivemos acumulando a titulo de informação nos blocos abaixo do Ativo e do Passivo.

Eliminando as contas de receitas e despesas e alte inicial, temos o Balanço Patrimonial ao final do período. Com a eliminação das contas de despesas e receitas, o Balanço fica exatamente igual ao que fizemos quando, a Cada fato que alterava o Patrimônio Liquido, nós também alterávamos seu valor inicial ou anterior. CONCLUSAO O que é necessário ressaltar é que o fato de mantermos estático o valor inicial do Patrimônio Liquido nos relatórios contábeis nao quer dizer que isso o seja na realidade.

De fato, o Patrimônio Liquido inicial se altera após cada fato contábil, mas o mantemos intacto apenas na contabilidade, para fins de informação durante o período dos ganhos e perdas deste período analisado. Quando encerramos o periodo considerado e tivermos apurado o QUANTO ganhamos e explicarmos, por meio das contas de despesas e receitas, COMO ganhamos, ai então acertaremos na ontabilidade o valor do Patrimônio Liquido Final que refletirá a realidade do último dia do período analisado.

ATIVO PASSIVO TOTAL O TOTAL O CAIXA 300 TOTAL 300 300 550 CAIXA 20 BANCO 55 APLIC. FINANC. 225 PRÉDIO 200 PL TERRENO TOTAL APLIC. FINANC. 50 35 225 220 MERC. EM ESTOQ320 PROMISSORIA 77 850 FORNEC. 300 FORNEC. 300 APLIC. FINANC. PREDIO 7 200 MERC. EM ESTOQ 320 537 837 TOTAL 837 841 APLIC. FINANC 7 FORNEC. 229 MERC EM ESTOQ 320 84 MERC EM ESTOQ 220 FORNEC. PROMISSORIA 77 895 541 595 DESPESAS RECEITAS Cartório Total 13 82 FORNEC. MERC. EM ESTOQ 220 TOTAL: 893 82 893 p Li 0 DF 11 593 DESPESAS RECEITAS

Psicologia aplicada ao direito

0

1- Sobre o conceito de identidade de gênero e suas contribuições para a pesquisa e a atuação psicossocial, assinale a

Read More

Trabalhos universitarios

0

Ficha nol Oliveira, Vera DNI: 12355394 6 zzg Planificación y intervención Socioeducativa Alumna de Erasmus Portugal Los conceptos: Planificación: es

Read More