Bases da administração

Categories: Trabalhos

0

título: Bases históricas da Administração Em nossa web aula 1 da unidade, iremos conhecer mais alguns aspectos das teorias administrativas que influenciaram a maneira de administrar. Vamos lá… Administração Cientifica I No livro da disciplina vemos que a primeira escola do pensamento administrativo foi a Administração científica e teve como principal nome Frederick W. Taylor. A Administração Científica tem como origens as consequências geradas pela Revolução Industrial.

Para saber mais acerca da Revolução Industrial assista ao v(deo a seguir: Isto ocorreu principal esorganizado das e passaram a ter de au Taylor focou a racion Sua preocupação era res ors ento acelerado e que as empresas e ompetitividade. to view ível operacional. desperdício e das perdas sofridas pelas industrias e elevar os níveis de produtividade por meio da aplicação de métodos e técnicas da engenharia industrial. Resposta: Através de vários estudos, entre eles o estudo dos Tempos e Movimento e da ORT, organização racional do trabalho.

Como podemos constatar suas contribuições foram muitas, mas também houve muitas criticas à administração científica. Entre las, a de que o elemento humano foi desconsiderado; que o trabalho tornou-se automático, assim o trabalhador quando saia do emprego tinha dificuldade de conseguir outro emprego, pois não tinha qualificação. Não se considerava o ambiente organizacional exter externo, ou seja, a organização era vista como um sistema fechado.

Sistema fechado: uma que se caracteriza pelo fato de visualizar somente aqullo que acontece dentro da organização, sem levar em conta o meio ambiente em que ela está situada. A resposta a estas cnticas foi: “Se fosse possível ao trabalhador aperfeiçoar-se, tornando-se ábil e capaz, sem ensinamentos e auxílio de leis formuladas a respeito de suas funções, a lógica seria a de que também o menino no colégio aprenderia melhor matemática, física, química, latim, grego, etc. em auxílio algum e por si mesmo. A única diferença nos dos casos é que os estudantes vão aos professores, enquanto, pela própna natureza do trabalho dos mecânicos, sob a Administração Científica, os instrutores devem ir ao encontro deles” Principais seguidores de Taylor: Henry Ford, Frank Gilbreth, Lilian Gilbreth e Henry Gantt. Teoria clássica da administração

A teoria Clássica também é conhecida por Escola Normativista, tradicionalista, européia, anatomista e fisiologista, e seu criador é Henry A teoria clássica assim com a administração científica também buscava a eficiência organizacional, porém enquanto a administração cientifica tinha sua ênfase nas tarefas a Teoria clássica teve sua ênfase na estrutura. Seus principais enfoques foram na organização formal; nos princípios gerais da administração e nas funções do administrador. Enfatizou principalmente o estudo da anatomia (estrutura) e da fisiologia (funcionamento) da organização.

A Teoria Clássica partiu do todo organizacional e da sua estrutura para garantir eficiênc A Teoria Clássica partiu do todo organizacional e da sua estrutura para garantir eficiência a todas as partes envolvidas, fossem elas órgãos (como seções, departamentos) ou pessoas (ocupantes de cargos e executores de tarefas). Para Fayol a criação de normas faria com a empresa fosse organizada e estruturada, e desta forma não haveria o risco de se perder em ações que nao estivessem dentro dessas normas.

Na visão de Fayol, se as normas fossem seguidas corretamente ão ocorreriam problemas na administração e seu objetivo, a eficiência, seria alcançado. Teoria da burocracia I De acordo com o Dicionário Houaiss: Tal sistema de execução da atividade pública, enquanto estrutura ineficiente, inoperante, morosa na solução de questões, falta de iniciativa e de flexibilidade, indiferente às necessidades das pessoas e à opinião pública, tendente a complicar trâmites e ampliar sua área de influência e seu poder, com consequente emperramento ou asfixia das funções organizacionais que são sua mesma razão de ser.

Assim a visão que temos de burocracia, muito se aproxima das flguras apresentadas. O que é uma disfunção porque para Max Weber o precursor da Teoria Burocrática, burocracia está ligada com: * Normas; * Regras; * Divisão do trabalho; * Impessoalidade; * Formalização e; * profissionalismo. Com isto pode ser verificado que a burocracia é a organização eficiente, e para conseguir a eficiência Weber detalha sobre como as coisas deverão ser feitas.

Para Weber a burocracia tem as seguintes características: * Caráter legal das norm PAGF3rlFS ntos burocracia tem as seguintes características: Caráter legal das normas e regulamentos * Caráter formal das comunicações Caráter racional e divisão do trabalho * Impessoalidade nas relações Hierarquia de autoridade * Rotinas e procedimentos estandardizados * Competência técnica e meriotocracia. * Especialização da administração que é separada da propriedade * Profissionalização dos participantes * Completa previsibilidade do funcionamento. Segundo Weber o burocrata decide em função de experiências anteriores, de precedentes e da falta de confiança nas pessoas. As regras, regulamentos e técnicas de controle são definidos com recisão. ” Algumas Desvantagens da Burocracia * Ineficiência * Excesso de formalismo * Excesso de documentos (papéis/arquivos) * Despersonalização do relacionamento Decisões muito padronizadas * Inchamento do quadro profissional ‘k Alto grau de conformismo * Atendimento ao público precário A teoria das relações humanas surgiu em oposição a Taylor, como uma tentativa de humanizar o trabalho.

Os nomes de destaque desta teoria são Elton Mayo e Mary Parker Foller, cujos estudos são anteriores às experiências de Hawthorne. Aprenda mais acerca da experiência de Hawthorne lendo as páginas 49 e 0 do Ilvro Administração de Felipe Sobral e Alketa pecl, disponível na biblioteca digital. ‘k Idéias Centrais da Escola das Relações Humanas * O comportamento humano é complexo; * O homem é condicionado elo ambiente; * O homem tem necessi rança, afeto, aprovação, p é condicionado pelo ambiente; * O homem tem necessidade de segurança, afeto, aprovação, prestígio e autorrealização. As pessoas são os únicos elementos importantes numa organização. Pessoas excepcionais podem fazer funcionar uma organização precária. Pessoas desmotivadas ou incompetentes odem anular a mais perfeita organização. ” Louis Allen I Teoria Comportamental * A teoria comportamental surge com uma nova visão, baseada no comportamento humano nas organizações. Ela se desenvolveu por volta da década de 1950. A abordagem comportamental, também chamada de behaviorista, marca a mais forte influência das ciências do comportamento na teoria administrativa e a busca de novas soluções democráticas, humanas e flexíveis para os problemas organizacionais. Sua ênfase é nas pessoas, e no comportamento. * Comportamento: maneira pela qual um individuo ou uma rganização age ou reage em suas interações com o seu meio ambiente e em resposta aos estímulos que dele recebe.

Exemplo: comportamento humano, comportamento animal, comportamento organizacional, comportamento social, e outros. ‘k Os comportamentalistas são estudiosos também preocupados com o indivíduo, reconhecendo a importância de seu impacto na organização. Caravantes, Panno e Kloeckner (2005 p. 94). * Vejamos alguns comportamentalistas: Abraham Maslow com a hierarquia de necessidades de Maslow, Douglas McGregor com a Teoria Xe a Teoria Y, e Frederick Herzberg com a Teoria dos Dois fatores Motivacionais.

Redes

0

Redes de Computadores Conceitos e Arquiteturas 1 Introdução a Redes de Computadores As empresas têm um número significativo de frequentemente

Read More

Informática

0

Quais as diferenças entre os processadores Intel Core i3, i5 e i7? A tecnologia avançada na área de hardware possibilita

Read More