Direitos humanos – bullyng

Categories: Trabalhos

0

JUSTIFICATIVA O bullying é um termo ainda pouco conhecido do grande público. De origem inglesa e ainda sem tradução no Brasil. Bullyng do verbo ingles to bully (ameaçar), do ingles bully que significa “Valentão, brigão, ou briguento” É utilizado para qualificar comportamentos agressivos no âmbito escolar, praticados tanto por meninos quanto de meninas. As formas de bullying são: Verbal: (insultar, ofender, falar mal, colocar apelidos pejorativos, “zoar”); Física e material: (bater, beliscar, empurrar, furtar ou destruir os pertences da vitima);

Psicológica e moral: ( ml PACE 1 ora chantagear, intimidar, al:”. • to view nut*ge Sexual: ( abusar, viol Virtual e Ciberbullyng: (bullying realizado por meio de ferramentas tecnológicas: celulares, internet,filmadoras). O bullying existe em todas as escolas, sejam públicas ou particulares, o grande diferencial entre elas é a postura que cada uma tomará frente aos casos de bullying. Estudos apontam para uma postura mais efetiva contra o bullying entre as escolas públicas, que já contam com uma orientação mais padronizada perante os casos (acionamento dos Conselho

Tutelares, Delegacias da Criança e do Adolescente). DIAGNÓSTICO SOCIAL – ESPAÇO O CEEBJA (Centro Educacional Profa. Ignácio Alves de Souza Filho enquanto modalidade educacional atende uma clientela visual/auditiva, cadeirantes, jovens que estão numa idade avançada para aprender ou estão em atraso em relação ao regular ( Idade x série), alunos do Regime Semi aberto (Regime penitenciário), menores encaminhados pelo Conselho Tutelar mediante ordem judicial.

Devido a esses comportamentos e a midia os professores, coordenadores e o diretor vêem a necessidade de trabalhar tema bullying, buscando alternativas e atividades que desenvolvam o tema que valorize e contribua para a construção do conhecimento e mudança de atitudes. Esse é o papel da escola. Segundo os PCN’s “cabe à escola empenhar-se na formação moral de seus alunos… ” (p. 32). Este é o nosso compromisso enquanto educadores, buscar alternativas que visem as melhorias.

OBJETIVOS Capacitar professores, funcionários e equipe pedagógica para a importância da aplicação da Educação em Direitos Humanos; Despertar nos alunos o interesse em conhecer e aplicar a Educação em Direitos Humanos no seu cotidiano; Incentivar na comunidade o interesse em conhecer e aplicar projetos vinculados a Educação e Direitos Humanos no seu dia a Conscientizar a importância dos educandos em se transformar em multiplicadores da Educação e Direitos Humanos na sociedade em que estão inseridos; PÚBLICO E ABRANGÊNCIA Perpassa por todos os elos da comunidade escolar bem como no município onde está inserido o CEEB A.

Dentro da comunidade escolar pretende-se atend ndos que se dividem em a outros movimentos sociais da comunidade , podendo fazer arcerias com outras instituições comunitárias como: entidades religiosas, entidades beneficentes, órgãos públicos; DEFINIÇAO DAS METAS DE AÇAO E ATIVIDADES Capacitação da equipe multidisciplinar; Teatro; Elaboração de materiais didáticos; Passeata; Materiais didáticos; Palestras.

METODOLOGIA Terá que ser diversificada, pois para colocar em prática o referido projeto algumas estratégias são imprescindlVeis como: Aplicação de cursos de teatros junto à comunidade escolar para que os mesmos atraiam a atenção dos educandos para a mportância da Educação em Direitos Humanos; Repasse de filmes que dêem enfoque a Educação em Direitos Humanos; Utilização de literatura para que possa firmar idéias concernentes a Educação em Direitos Humanos (Ninguém é igual a Ninguém de Regina Otero e Regina Rennó); Buscar junto à comunidade exemplos de pessoas que passaram por situações vexatórias; Elaborar uma passeata com a comunidade para conscientização através de cartazes da conscientização sobre o bullying; RECURSOS HUMANOS E MATERIAIS Buscar conscientizar alunos, funcionários e professores, bem omo membros da sociedade para que se faça uma equipe multidisciplinar, para elaborar as eta as que se seguirão junto a implantação do projeto iu PAGF3ÜFd recursos financeiros serão levantados dentro de campanhas junto ao comércio bem como dos órgãos públicos já relacionados.

Segue abaixo tabela demonstrativa de custos de gastos para elaboração do projeto e de sua colocação em prátlca: CRONOGRAMA AVALIAÇÃO MONITORAMENTO DO PLANO DE AÇÃO Ficará a cargo da equipe multidisciplinar/multiprofissional que foi montada no inicio do mesmo, sendo que está equipe terá onstantes encontros para avaliação dos passos propostos durante a elaboração do mesmo. O monitoramento das ações propostas ficará submetido a cada passo dado dentro do projeto, cabendo sempre dar um passo de cada vez para a implantação do mesmo; pois muitas das vezes é refletindo-se sobre a prática é que se encontra as soluções e até mesmo idéias para melhorar um projeto inicial.

RESULTADOS ESPERADOS Espera-se conseguir com este projeto a conscientização da população sobre os diversos tipos de bulying que acontece na sociedade moderna, para não delxar chegar às ralas da agressão omo se tem visto nas mídias impressas e televisivas. Para isso é importante a mobilização da sociedade para que se organize em grupos que possam passar a discutir o bullying de uma forma abrangente, quer dizer, que pode ocorrer com seus filhos nos bancos escolares e podem extrapolar para fora dos muros escolares, onde pode-se perder muitas Vidas por práticas que são condenadas por todos na sociedade. REFERÊNCIAS http//wvm_wikipedia. org arâmetros Curriculares Nacionais PCN’s- p Bullying- Cartilha 2010- Projeto usti a nas escolas

Administração de materiais

0

Administração de Materiais Apesar da administração de materiais sempre ter existido dentro das instituições somente nos últimos tempos é que

Read More

Período clássico da música

0

Período Clássico O termo ‘Clássico’, em música, é empregado em dois sentidos diferentes. As pessoas, às vezes, usam a expressão

Read More