Estagio de educação infantil

Categories: Trabalhos

0

RELATÓRIO DE ESTÁGIO – EDUCAÇÃO INFANTIL Trabalho apresentado à disciplina de Estágio – Educação Infantil, no Curso de Pedagogia a Distância da Faculdade Internacional de Curitiba . FACINTER. Tutor local: Maria Aparecida Pereira de Almeida Centro associado: C. A. Serra – ES OF17 p SERRA 2009 SUMÁRIO 1 – INTRODUÇAO.. „ 03 ESCOLA… …. ….. ….. — — . 5 – CONSIDERAÇÕES 17 1- INTRODUÇÃO O estágio permite a nós estudantes, atuarmos diretamente no cenário de trabalho, enfrentando situações que não podem ser reproduzidas na sala de aula e tomando contato com diferentes écnicas e realidades do ambiente escolar.

Parte integrante da formação e desenvolvimento profissional nas diferentes áreas, o estágio representa um conjunto de atividades práticas que o estudante desenvolve na comunidade e nas instituições. Essas atividades guardam relação com a sua área de formação e são desenvolvidas sob a responsabilidade e acompanhamento da instituição formadora. O estágio é fonte de produção de conhecimento, e um poderoso articulador da relação teoria- prática na nossa formação, romovendo a capacitação profissional e a integração trabalho.

Também 20F etapa necessária e Importante no processo educacional dos indivíduos, pois é na Educação Infantil que as crianças tem oportunidade de desenvolver e ampliar suas relações sociais, interações e formas de comunicação. Essa atividade de estágio e as disciplinas de apolo nos proporcionaram uma Visão crítica e reflexiva sobre a realidade dos alunos e o desenvolvimento das práticas pedagógicas que são encontradas dentro do ambiente escolar da Educação Infantil.

Para alcançar o sucesso no processo de aprendizagem desse estágio tivemos alguns objetivos specificas como: – Observar aspectos da prática pedagógica de uma escola, relacionando-os a elementos teóricos em estudos nas disciplinas estudadas. – Identificar questões-problemas no cotidiano escolar. – Observar o desenvolvimento dos educando, diante as dificuldades encontradas. Para o desenvolvimento do relatório utilizamos como metodologia uma pesquisa bibliográfica e de campo. 2 – CARACTERIZAÇÃO DO CONTEXTO ESTAGIADO 2. – CARACTERIZAÇÃO DA ESCOLA A escola campo do estágio é o Centro Municipal de Educação nfantil Integrado Maringá, situada na rua: Cacú na 275, bairro: Mata da Serra, no Município de Serra – ES- Oferece do berçario até as classes de alfabetização (01 á 06 anos), sendo que a turma de 06 anos será extinta no final do ano devido a nova Lei, onde as classes de alfabetização, deverão fazer parte do Ensino Fundamental, que passou de 08 anos para 09 anos. Os horários de funcionamento dos turnos: matutino de 07 às 11 horas e turno vespertino de 13 às 17 horas.

Atende 158 alunos no turno matutino e 137 no turno vespertino, somando um total de 295 alunos. O corpo docente, técnico e administrativ 30F 137 no turno vespertino, somando um total de 295 alunos. O corpo docente, técnico e administrativo da escola é composto por diretora, 01 pedagoga, 01 secretária, 08 professores, 02 cozinheiras, 05 auxiliares de serviços gerais e 04 berçaristas. Os profissionais da coordenação (direção e pedagoga) são da área pedagógica e todos os professores têm formação de 30 grau e magistério, sendo alguns pós-graduados.

O prédio escolar apresenta boa conservação apesar de ter pouca ventilação, melhor iluminação e ótima visão para o meio ambiente. A escola é composta por uma secretária, 01 sala de vídeo e W que serve de sala de reunião, 08 salas de aulas, refeitório, anheiros com chuveiros, tanque para lavar as mãos e escovação dos dentes, pátio com parquinho (2 balanços, 02 escorregadores e um gira-gira) e ótima área aberta para recreação com muitas árvores e sombra.

Além da comunidade local, a escola atende alunos vindos dos bairros Maringá, El’ Dourado, Porto Canoa, Serra Dourada l, Serra Dourada II, Serra Dourada II . 2. 2 CARACTERIZAÇAO DA TURMA ESTAGIADA O estágio foi realizado no Grupo II com crianças de 2 anos de idade, com 15 alunos; o perfil sócio econômico desses alunos é de classe média. A professora regente tem faculdade e pós-graduação em Psicopedagogia, já atua a 28 anos na área como professora e dez com a pré-escola. Ela costuma trabalhar com projetos interdisciplinares, músicas, atividades coletivas e individuais, dramatizações.

Utiliza diversos materiais como: cola colorida e gliter, tinta guache, giz de cera, cola, chamex, massa de modelar, EVA, historinhas e etc. Relato da professora: Com a idade de 2 anos as crianças já costumam formar frases 40F historinhas e etc. costumam formar frases, já sabem falar bastante coisas. Adoram brincadeiras de roda e preferem brincar em grupos. Gostam de brincadeiras com peças de encaixe e alguns desenhos que lguns pais permitem assistir. A maioria faz a retirada de fralda com essa idade.

Alguns demonstram resistência e choram outros utilizam o banheiro com facilidade. Costumam comer de tudo, demonstram resistência a qualquer verdura ou salada, mas nada como uma boa manobra neles para que eles comam. Nessa idade já demonstram preferência por alguns amigos, mas, a maioria brinca com todos do grupo. Têm suas proprias brincadeiras, adoram inventar historias e transformá-las em brincadeiras. Adoram fazer atividades, mexer com tinta e colagem. Interagem bem aos projetos, demonstram mais interesses por projetos com nimais, estações do ano e datas comemorativas.

Raramente as crianças nessa idade sabem escrever o nome, costumam reconhecer só a primeira letra. Somente alguns reconhecem o próprio nome ao ver escrito no quadro. Olham para os professores como alguém que sabe aquilo que eles precisam saber alguém que educa e acima de tudo alguém que tem um cuidado por eles. Essa idade costuma comparar os professores com seus pais, pois muitos passam a maioria de seu tempo na escola. * A professora nos relator que este ano ela realizou um trabalho um pouco árduo com um aluno, pois quando ele chegou ao

CEMEI era uma criança que ainda mamava e sua mãe todos os dias sentava na recpeção e antes de entrar ficava 20 minutos com ele mamando e quando entrava chorava muito e só queria ficar no colo e todos os funcionários ate mamando e quando entrava chorava muito e só queria ficar no colo e todos os funcionários atendiam aos seus caprichos lhe dando colo e ficava cada vez mais difícil a sua adaptação até que eu pedi para que ninguém mais lhe coloca-se no colo, pois ele era o menor da turma e por isso despertava a pena de todos, através de muita conversa com a mãe, hoje ele age naturalmente e se elaciona muito bem com todos do seu convívio escolar. 3.

CONCEPÇAO PEDAGOGICA DA INSTITUIÇAO Foi realizada uma entrevista com a pedagoga da instituição em que foi realizado o estágio, ela nos disse que seu objetivo é transformar a escola em um lugar onde a criança possa aprender e brincar ao mesmo tempo, ou seja, que ela aprenda brincando, e assim possam criar seus valores e desenvolverem criatividade, ganhando confiança em si mesma. A pedagogia de trabalho da escola está alicerçada numa pedagogia criativa, dinâmica e lúdica, proporcionando a formação e o desenvolvimento integral do aluno. As principais atribuições da pedagoga é acompanhar, supervisionar, avaliar, coordenar, planejar o processo de ensino – aprendizagem, o desempenho dos profissionais e todo serviço pedagógico da escola. Sobre as dificuldades, ela disse que não acontece, e quanto acontece ou surge por algum momento, a Secretaria de Educação da Serra, matém uma equipe para nos orientar pessoalmente ou através de encontros.

O planejamento curricular deve promover não só a aprendizagem do conteúdo e habilidades especiTicas, mas também oferecer condições favoráveis à aplicação e integração desses onhecimentos. Na Educação infantil as professoras têm uma hora diária de planejamento, neste horário é aproveitado ora momen professoras têm uma hora diária de planejamento, neste horário é aproveitado ora momentos de estudos, ora troca de experiências, ora para planejamento onde estarão selecionando conteúdos e atividades relacionadas aos mesmos. A proposta pedagógica da escola permite que a criança, tenha capacidade de elaborar seus próprios conhecimentos de maneira ordenada e progressiva. ? uma metodologia que foca a construção de competências e habilidades, proporcionando tividades interessantes e descontraídas, dando condições a uma descoberta prazerosa do ato de estudar e aprender. A educação infantil é trabalhada de acordo com a idade do aluno e para o crescimento enquanto ser humano. A criatividade do aluno é trabalhada estimulando à curiosidade, a invenção, a descoberta, levando a criança a adquirir iniciativa e progressiva autonomia. – Perguntamos se o trabalho do aluno é direcionando? Dependendo da situação, o trabalho pode partir do interesse do aluno, pois a criança tem dúvidas, curiosidades e o professor ao aproveitar esses momentos, estão auxiliando no esenvolvimento do seu educando. As turmas são organizadas seguindo as instruções da Secretaria da Educação, ou seja, por dade.

Os recursos pedagógicos mais usados são: histórias, brinquedos, brincadeiras dirigidas e livres, musica, jogos, artes, tapete com alfabeto e números, potes com letras e números, computador. Os professores são orientados a criarem objetivos e planejar atividades para proporcionar condições de observação na aquisição de conhecimento por parte dos alunos. Os alunos são avaliados através de observações registradas em caderno próprio, semestralmente é feito um relatório que retrata ua de observações registradas em caderno próprio, semestralmente é feito um relatório que retrata sua evolução vendo com referência os eixos: movimentos, músicas, artes visuais, linguagem oral e escrita, matemática e natureza e sociedade, através de ficha individual.

A escola estagiada faz um trabalho em conjunto formando parceria com os pais, alunos e professores junto com toda a equipe pedagógica é a boa participação. – Pedimo-la para avaliar o seu trabalho? Acho que procuro desenvolver um bom trabalho e sempre me atualizando e melhorando cada vez mais os meus As crianças desde cedo entram em contato com diversos tipos de textos, ampliando gradativamente sua capacidade de interpretação, expressão e criação. As propostas são bastante diversificadas e envolvem textos narrativos, poesias, trava- Ifnguas, adivinhações, etc. 4- DESCRIÇAO E ANALISE REFLEXIVA DAS ATIVIDADES DE ESTAGIO – EDUCAÇÃO INFANTIL 4. – DO ESPAÇO, DAS INSTALAÇÕES E DOS EQUIPAMENTOS Observamos que a escola possui um espaço amplo que é de uso exclusivo das crianças de O à 6 anos, esse espaço tem parquinho, muitas árvores e sombra. As salas de aula são todas adaptadas para atender as crianças, om mesas e cadeiras proporcionais, são arejadas e com ótima ventilação, possuem também alguns brinquedos pedagógicos que ficam distribuídos nas prateleiras. Os banheiros para o uso exclusivo das crianças também são adaptados para as criança 80F acordo com as necessidades dos alunos. É passado filme uma vez por semana, abrangendo o conteúdo que esta sendo ministrado na sala de aula, as atividades é dada todos os dias e pelo menos três vezes ao ano, eles saem para passeios à parques ou teatro. 4. – A PRÁTICA EDUCATIVA: AULA As aulas são organizadas através de um planejamento que é feito om a professora e a pedagoga, neste momento são decididos quais atividades serão dadas e que se encaixam melhor ao perfil da turma, quais alunos estão com dificuldades e o que se pode fazer para ajudá-lo em seu desenvolvimento. 4. 4 – PRATICA EDUCATIVA: MATERIAIS, ESPAÇOS, TEMPO E ADAPTAÇÃO A escola em questão se dispõe de diversos materiais que são organizados em uma sala, os professores tem total liberdade para utilizá-los no dia-a-dia com os alunos. No período de adaptação, geralmente é mais brincadeira, pátio, para que a criança se sinta bem, se distraía e com isso e acostumando com o ambiente escolar.

Após esse período o professor começa a inseri-lo na sala de aula, para que ele se acostume com a rotina escolar. 4. 5 – PLANO DE AULA ” HIGIENE PARA VIDA” – INTRODUÇÃO Tendo em vista as algumas situações de falta de higiene presenciadas na pré-escola Centro Municipal Educação Infantil Integrado Maringá, sentimos a necessidade de desenvolver atividades voltadas para as diversas formas de higiene, na tentativa de melhorar as condições de saúde da comunidade onde estão inseridos. Em se tratando de educar para a higiene corporal, há de se buscar ma prática participativa de modo ue as orientações para os alunos sejam coerentes c do próprio corpo. alunos sejam coerentes com a linguagem do próprio corpo.

A presença do educador com uma nova visão se torna imprescindível e fundamental, pois é preciso que “saber” seja extensivo a todos, é preciso facilitar para que o aluno se aproprie do conhecimento cientifico a respeito do proprio corpo, sobre as condições de vida da população e sobre as condições de vida da população e sobre sua importância de colocar em pratica certos hábitos que contribuirão decisivamente no cuidado com o corpo. Quando o aluno percebe que estes hábitos o ajuda a viver melhor, sem dúvida alguma ele estará motivado a coloca-la em prática com regularidade. Isso faz com que o educador seja o mediador entre aluno/ família , renovando e Incentivando o interesse em se praticar corretamente os hábitos de higiene. Muitas vezes, nós, educadores, percebemos certo desconforto em nossos alunos, provocando até mesmo um baixo índice de rendimento escolar. ? neste momento que devemos esclarecer e estimular os alunos, propondo uma tomada de consciência no que diz à saúde, ? limpeza corporal, à postura, etc. Ser saudável é também estabelecer bons hábitos e compreender que o nosso corpo merece um carinho especial, e que esse tratamento nos traz benefícios. O esse projeto tem função de apresentar uma proposta enriquecedora, planejada e interdisciplinar, buscando a integração da Escola e família, no sentido da conscientização dos hábitos de higiene. – OBJETIVO GERAL Conhecer e valorizar o próprio corpo e conscientizar os alunos sobre a importância da higiene para uma vida saudável. – OBJETIVOS ESPEC[FICOS Socializar Ampliar e enriquecer o vocabulário para interagir com o meio. Desenvolver a I 0 DF

Acidentes anatomicos

0

ACIDENTES ANATÔMICOS (CRÂNIO LADO DIREITO) Fonte: Atlas Anatomia Humana (Sabota) Anatomia Humana Carlos Madeira LEGENDA OSSO ETMÓIDE OSSO FRONTAL OSSO

Read More

Topografia

0

APLICAÇÃO DO SISTEMA DE POSICIONAMENTO GLOBAL (GPS) NA COLETA DE DADOS JOSE VICENTE ELIAS BERNARDI Professor Associado Universidade Federal de

Read More