Introdução filme tempos modernos

Categories: Trabalhos

0

Na época da revolução industrial, os trabalhadores eram vistos como “objetos” pois a única coisa que realmente importava era o lucro; O presidente da fábrica, do seu escritório, comandava e vigiava tudo. As ordens eram passadas a um funcionário que se encarregava de repassá-las aos operários que executavam o que era mandado. O ritimo de trabalho dos operários era determinado pela velocidade das máquinas, que ficava a cargo de um técnico que a controlava. Todo trabalho era em série, visando só a produtividade. ortanto o trabalho intelectual era exercido or quem comandava e o trabalho manual por aqueles que trabalhavam pesados. O filme tempos modernos retrata exatamente esta realidade em diversos momentos dos trabalhadores qu buscavam uma form trabalharem ao mes de tudo; os trabalhad OFY S. wp view nent page e empo de almoço o, as empresas Imoçarem e do ao lucro acima carga horária de trabalho absurda, praticamente o dobro dos dias de hoje e não tinham os seus direitos garantidos por lei Durante o filme percebi que não havia solid Sv. ipe to View next page solidariedade nas pessoas envolvidas no processo de produção. A todo momento , os operários eram vigiados tendo apenas os intervalos do lanche que também era pré-determinado, ao toque da sineta voltavam ao rítimo alucinante de produção contínua. O rítmo de trabalho era tão acelerado que levava o sujeito a ter até mesmo um comportamento inadequado,pois a dura jornada de trabalho, a mecanização das ações, o despreparo profissional, tudo isto levava o individuo a um cansaço muito grande, o trabalhador não podia perder muito tempo .

Em ocorrência disto havia muitos acidentes de trabalho. Com a cena do filme nos mostra. No filme, podemos perceber que nas industrias não utilizavam mão-de-obra qualificada, todo comportamento era mecânico e o que interessava para os donos das industrias não era o sujeito e sim o produto final. Tudo que era feito visava o lucro. A produção sempre em rítimo bem acelerado. . Tempos modernos é um filme que traz sérias críticas a este sistema A luta por melhores salários, por melhores condições de trabalho e por uma carga horária menor.

Vale ressaltar aqui a crítica com relação à exploração do trabalhador, que, nas idéias socialistas, se traduziria, por exemplo, no caso em que um o trabalhador, que, nas idéias socialistas, se traduziria, por exemplo, no caso em que um operário trabalha muito para fabricar um automóvel ou eletrodoméstico, mas com o dinheiro que ele consegue ganhar no mês, nem poderá comprar o mesmo. Assim, vê-se a crítica ao modo cap talista que nesse fato se justifica.

O mesmo ocorre hoje em dia, sem grandes diferenças. Podemos perceber também no filme, um grande investimento em tecnologia, tecnologia esta sempre voltada a buscar inovações para que os trabalhadores produzissem mais, com menor perda de tempo. No filme de Chaplin essa crítica de materializa com o aparecimento de uma engenhoca que se fosse usada pelos operários para suas refeições economizaria multo tempo.

Com aquela espécie de inovação, que mais deu problemas do que soluções pode-se perceber a preocupação dos senhores proprietários dessas empresas e fábricas em diminuir o tempo do almoço e utilizar o tempo economizado para que os trabalhadores imediatamente voltassem ao trabalho, com a responsabilidade de aumentarem a produtividade. A grande preocupação dos empresários na época era buscar um aperfeiçoamento. 3

Sebenta ginástica

0

Escola Secundária Antero de Quental Ginástica INDICE 1. Resumo Histórico da Modalidade. …. 7 2. 1. Ginástica n 7 2.

Read More

Trabalho

0

DESAFIO DE APRENDIZAGEM Instituição polo 472- Macaé Curso: Período Letivo Nome Prof. EAD Disciplina Acadêmicos: Lu I UNIVERSIDADE ANHANGUERA-UNIDERP –

Read More