Lista de exercícios 03 – ciência e tecnologia dos materiais

Categories: Trabalhos

0

engenharia importan OF4 condutividade eletrô a d dos semicondutores pend também a cor e lumi impurezas ou imperf Lista de exercícios 03 – ciência e tecnologia dos materiais Premium By Patykats I anpen9 02, 2012 4pages Curso: Engenharia de Produção Período: 2010. 2 Disciplina: Ciência e Tecnologia dos Materiais- M3 CICN0004 – CIÊNCIA E TECNOLOGIA DOS MATERIAIS – M3 LISTA DE EXERCÍCIOS NO. 3 – IMPERFEIÇÕES NOS SÓLIDOS 1. Explique que é uma imperfeição ou defeito cristalino. ? uma irregularidade na rede cristalina com uma ou mais das suas imensões na ordem de um diâmetro atômico. Na realidade, os cristais nunca são perfeitos e contém vários tipos de imperfeições e defeitos, que afetam muitas das suas propriedades flsicas e mecânicas, o que, por sua vez, altera propriedades de wipe view next page ure ade das ligas, a (condutividade presentes), como tais se devem as rrosão dos metais. a) Como são classificadas as imperfeições cristalinas de acordo com a geometria ou dimensionalidade do defeito. Explique.

As imperfeições nas redes cristalinas são classificadas de acordo com a sua geometria e forma. Podem envolver uma irregularidade na posição dos átomos ou no tipo de átomos. O tipo e o número de defeitos dependem do material, do meio ambiente, e das circunstâncias sob as quais o cristal é processado. Os tipos de defeitos podem ser de Swige to vlew next page definidos como: – DEFEITOS PONTUAIS – associados com uma posição atômica. – DEFEITOS LINEARES – unidimensionais. – DEFEITOS INTERFACIAIS ou CONTORNOS – que sao bidimensionais. DEFEITOS VOLUMÉTRICOS OU DE MASSA, – que são tridimensionais. -IMPUREZAS – podem existir como defeitos pontuais. ) Dê exemplos de imperfeições ou defeitos estruturais para cada uma das classificações. Para defeitos pontuais, existe o defeito pontual de lacuna, defeitos auto-intersticiais e o defeito de impureza em sólidos que são divididos em dois tipos, os defeitos substitucionais e os intersticiais. Nos sólidos cristalinos, os defeitos lineares ou discordâncias são defeitos que originam uma distorção da rede centrada em torno de uma linha.

As discordâncias são originadas durante a solidificação dos sólidos cristalinos. As discordâncias odem ser classificadas em três tipos de aresta, espiral e mista. Já os defeitos interfaciais são contornos que possuem duas dimensões e que geralmente separam as regiões dos materiais que possuem diferentes estruturas cristalinas e diferentes orientações cristalográficas esse de defeito é classificado em superfícies externas, contornos de grão, os contornos de macla são subdivididos em maclas de deformação e maclas de recozimento e por fim os contornos de fases.

Por fim os defeitos volumétricos ou de massa são os de poros, trincas, inclusões e outras fases. São normalmente introduzidos outras fases. São normalmente introduzidos durante as etapas de processamento e fabricação. 2. Explique que é uma Discordância. Discordâncias são defeitos lineares ou unidimensionais em torno do qual algum dos átomos está desalinhado. a) Como são classificadas as discordâncias e quais são as principais causas da sua formação.

As discordâncias são originadas durante a solidificação dos sólidos cristalinos. As discordâncias podem ser classificadas em três tipos de aresta, espiral e mista. 3. Explique o que são Soluções Sólidas e como estas são lassificadas. As soluções sólidas se Formam quando, à medida que os átomos do soluto são adicionados ao solvente, a estrutura cristalina é mantida, e nenhuma nova estrutura é formada. As soluções sólidas apresentam defeitos pontuais devido à presença de impurezas encontradas.

São classificadas em dois tipos Substitucionais e Intersticiais a) Quais são as características das diferentes soluções sólidas. Nas soluções substitucionais os átomos do soluto ou átomos de impurezas tomam o lugar dos átomos hospedeiros ou os substituem. Já nas soluções intersticiais os átomos de impureza preenchem os espaços vazios ou interstícios que existem entre os átomos hospedeiros. 4. Explique porque os Contornos de Grão favorecem a nucleação de novas fases e os processos de Difusão.

Os átomos estão ligado 3 nucleação de novas fases e os processos de Difusão. Os átomos estão ligados de maneira menos regular ao longo de um contorno de grão, conseqüentemente existe uma energia interfacial ou de contorno de grão que é semelhante à energia de superfície, a magnitude dessa energia é função do grau de esorientação, sendo maior para contorno de ângulos grande, como conseqüência, os contornos de grão são quimicamente mais reativos. Além disso, os átomos de impureza com freqüência se segregam preferencialmente ao longo desses contornos.

A difusão pelos contornos de grãos é mais rápida, devido à alta densidade de lacunas. 5. Explique o que são Contornos de Baixo Ângulo e Contornos de Alto Ângulo? Como são possíveis diferentes orientações entre cristais adjacentes, existem contornos de grão mais ou menos ajustados, uando a desorientação é pequena o contorno de grão recebe a denominação de contorno de baixo-êngulo e a região que está separada subgrão, nos casos onde a desorientação é superior têm-se os contornos de alto-ângulos. . Explique o que são Contornos de Macla. Contorno de Macla é um tipo especial de contorno de grão que separa duas regiões com uma simetria tipo espelho. A macla é um tipo de defeito cristalino que pode ocorrer durante a solidificação, deformação plástica, recristalização ou crescimento de grão. 4DF4

O trypanosoma cruzi e a doença de chagas

0

parasito está distribuído em todas as Américas, desde o sul dos Estados Unidos até a Argentina e o Chile (Rey,

Read More

A segurança no mundo novo

0

FACULDADE DE DIREITO DA UNIVERSIDADE NOVA DE LISBOA Curso de Estudos Avançados em Direito e Segurança ” A Segurança no

Read More