Mercado de capitais

Categories: Trabalhos

0

Tópico 1: Investimentos no mercado de capitais. Página: 8 Citação: “A poupança individual e a poupança das empresas (lucros) constituem a fonte principal do financiamento dos investimentos de um pais. Tais investimentos são o motor do crescimento econômico.. ” A importância do investimento de mercado de capitais.

O mercado de capitais corresponde ao conjunto de empresas, pessoas físicas e jurídicas que negociam valores mobiliários e títulos, com a inten interessados em co ele também promov liquidez aos títulos q O desenvolvimento d I ors to view s dos agentes ssados em vender, resas e fornece a de de muitos atores, tais como: a expansão cont nua da capacidade de produção sendo esta um resultado de investimentos em capital e recursos humanos.

O mercado de capitais promove aumento nos nW’eis de eficiência da economia, por exemplo: quando uma empresa assume compromissos de longo prazo com terceiros, divide seus riscos com vários investidores, sendo obrigada a fornecer informações específicas e detalhadas sobre seu desempenho dentro da economia como um todo, do mercado e também do setor em que atua por meio de relatórios anuais, demonstrações contábeis, balanços etc Assim torna-se de suma importância a manutenção de um rganizado e eficiente mercado de capitais para todas as sociedades que desejam e necessitam modernizar e evoluir a sua economia, pois um mercado de capitais alavanca o crescimento são de interesse do mercado de capitais, pois é nele que encontramos o desenvolvimento da economia do pais. Os fatores de produção, as demonstrações contábeis e os relatórios das empresas, são analisados e organizados pelo mercado de capitais, tendo sempre como foco o crescimento econômico. Tópico 2: Debêntures Página: 12 Citação: “Títulos emitidos por sociedades anônimas, representativos de parcela de empréstimo contraído pela mitente com o investidor, a médio elou longo prazos, garantidos pelo ativo da empresa. ” Debêntures se fazem essencial para o crescimento de muitas empresas.

No artigo produzido pela Bovespa, não foi explicado tão bem o que são debêntures e a importância dela para muitas empresas, nas quais ajudam a movimentar a economia do país. Debênture é um titulo de crédito representativo de empréstimo que uma companhia faz junto a terceiros e que assegura a seus detentores direito contra a emissora, nas condições constantes da escritura de emissão. As debêntures aparecem como a principal forma de captação de ecursos por parte das empresas. A finalidade desse tipo de financiamento é a de satisfazer, de maneira mais econômica, as necessidades financeiras das sociedades por ações, evitando, com isso, os contra-tempos das constantes e caras operações de curto prazo, junto ao mercado financeiro.

Todo o processo é feito por meio de um banco de investimento ou corretora, que lida com os dois lados: empresa e investidor. O agente fiduciário é uma terceira parte envolvida na escritura de emissão, tendo como responsabilidade assegurar que a emitente cumpra as cláusulas contratuais. Debêntures transformam- is importante Debêntures transformam-se assim no mais importante instrumento de obtenções de recursos das companhias brasileiras. Conclusão: As debêntures são tipos de empréstimo realizados por empresas a médio ou longo prazo, sendo a principal forma de captação de recursos. São usadas a fim de gerar uma maneira econômica na hora de fazer um “empréstimo”. Satisfazendo as empresas e seus respectivos investidores.

Tópico 3: Comissão de Valores Mobiliários Página: 13 Citação: “A comissão de valores mobiliários — CVM é uma autarquia especial, vinculada ao Ministério da Fazenda, com a esponsabilidade de disciplinar, fiscalizar e promover o mercado de valores mobiliários [… ] ao mesmo tempo desenvolve estudos e pesquisas dos quais obtêm elementos necessários a definição de políticas e iniciativas capazes de promover o desenvolvimento do mercado. ” O poder regulamentar da CVM. A CVM é um órgão regulamentador de ações. Para as sociedades abertas, atuantes no mercado de capitais, exige-se o registro da sociedade na mesma, pois compete à CVM registrar as sociedades abertas, as entidades distribuidoras de valores mobiliários e os próprios títulos que serão negociados no mercado.

Esta entidade possui 5 funções: consultiva, fiscalizadora, registraria, de fomento e regulamentar. As Bolsas de Valores, conquanto sejam privadas, atuam sob a supervisão da CVM, pois atuam na prestação de serviço público, devendo fiscalizar os seus membros e as operações realizadas elos mesmos. Ela também fiscaliza a atuação de parti ercado de capitais, PAGF3n,FS tais danos, assegurando assim a confiabilidade do mercado. A Comissão de Valores Mobiliános têm como objetivo pesquisar, fiscalizar, registrar e regulamentar as entidades distribuidoras de valores mobiliários, de forma que aja confiabilidade no mercado. Tópico 4: Bovespa Página: 15 Citação: “… BOVESPA oferece seus mais variados mecanismos de negociação de títulos e valores mobiliários de empresas criteriosamente selecionadas, um sofisticado sistema de teleprocessamento para difusão da informação, exercendo, em defesa do interesse público, um rigoroso acompanhamento de todos os aspectos envolvidos nas transações, o que assegura elevar os padrões éticos ao cumprimento de negócios realizados. A liquidação das operações é realizada pela CBLC. ” A importância da govespa para o país. A govespa é uma entidade sem fins lucrativos responsável pela ntermediação e negociação de ações de empresas brasileiras. A finalidade primordial a que se destinam as bolsas de valores é manter um local adequado para a negociação de valores mobiliários, no chamado mercado secundário, isto é, para venda de tltulos pelos seus titulares e não para a subscrição de novos títulos emitidos pelas sociedades abertas.

Além de ter um poder auto-re ulador, a BOVESPA é uma entidade integrante do Sistema Fina al (SFN), sendo assim entidade. Tópico 5: Companhia Brasileira de Liquidação e custódia – CBLC Página: 17 Citação: “A Companhia Brasileira de Liquidação e Custódia – CBLC é a empresa responsável pela compensação, liquidação e controle de risco das operações realizadas na Bovespa, nos mercados a vista e de liquidação futura, e pelo registro e controle das operações de empréstimo de títulos, por meio do Banco de Títulos CBLC – BTC. A CBLC assumiu o serviço de custódia fungível que era executado pela Bovespa, tornando-se responsável pela sua prestação aos participantes do mercado. ” A participação da CBLC no mercado de capitais.

A CBLC é uma sociedade anônima que tem como objetivo social à prestação de serviços de compensação e liquidação física e inanceira de operações realizadas nos mercados à vista e a prazo da BOVESPA e de outros mercados, bem como a operação dos sistemas de custódia de títulos e valores mobiliários em geral. Tanto a CVM, órgão regulador do mercado de capitais, quanto o Banco Central, responsável pelo sistema financeiro, supervisionam e avaliam permanentemente os procedimentos da CBLC. O resultado é uma visão ampla e medlata da situação de risco do mercado acionário, o que aumenta sua confiabilidade. Sendo assim, tendo bastante influência no mercado de capitais. A Companhia Brasileira e ustódia tem como

Primeiros socorros

0

Revista de Saúde Pública print verson ISSN 0034-8910 Rev. Saúde Pública vol. 39 no. 6 São Paulo Dec. 2005 doi:

Read More

Teoria da adiinistração

0

RESPOSTA 1. A- É Pai da Administração Cientifica e sua teoria tem Ênfase nas tarefas; 2. Suas caracteristicas é ser

Read More