Metabolismo de proteinas

Categories: Trabalhos

0

Metabolismo de proteinas Músculos da membro superior Carlomagno Bahia Peitoral maior; Axiais: Latfsslma da darsa; Músculos que moulmentam o braço Deltóide: Subescapular; Escapulares: Supra-espinhal: Infraespinhal; Coracobraquial. Peitoral maior; Ax… Bomba atomica Bomba Atómica Para entender a que e e coma funciona uma bomba atômica necessário entender alguns conceitos sobre núcleo atômico e fissão nuclear. ?? Núcleo Atômico: Um núcleo de um átomo qualquer é constituido Norma – nbr 13142-99 – tipos de dobraduras. pdf Cópia não autorizada DEZ 1 999 NBR 13142 Desenho técnico – Dobramento de ópia ABNT Associaçaa Brasileira de Normas Técnicas Sede: Ric de Janeira Av. Treze de Malo, 13 – 280 andar CEP 20003-900 – caixa Postal 1680 Rio de Janelra,. Projeto s2b Microsoft Students to business – S2B INFRA-ESTRUTURA Projeto final INFRA- FSTRIJTIJRA 2011 Micrasolt Studen{s to business — Spa INFRA-ESTRUTURA Projeto Final INFRA-ESTRUTURA Idealizada Ducati 1 _ Introduçac: – Sumária – Descrição – importação e comercialização de motoclcletas e adlacentes – Hlstdrlca – no mercado de mctoclcletas Premlum desde 1 992 – Produtos / Serviços – importação e comercialização de motocicle…

Violência na escola FACULDADE TEOLÓGICA DO ESTADO DO PARÁ FATEP ALUNO: MANOEL RODRIGUES DA CRUZ TEMA; VIOLÊNCIA NA ESCOLA SUBTEMA ; VIOLFNCLA VERBAL NA ESCOLA Tailândia – Pará 2011 TEMA: VIOLFNCIA NA Apresentaçao absenteismo Grimaldi de carvalho O MAIOR ATIVO IJMA ORGANIZAÇÃO ESTA REPRESENTADO PELAS PESSOAS QUE A caMPOEM E, EFETIVAMENTE, infra-espinhal e redondo menor. •Os tendões se dispões de modo a formar um circulo, quase completo, em torno da articulação. Mangulto Rotador Bicepes braquial; Flexores: Braquial; Braquiorradial. Músculos que movimentam o antebraço Extensores:

Trícepes braquial; Supinador; Pronador redondo; Pronador quadrado; Supinadores: Pronadores: Bícepes braquial; Flexores: Braquial; Braquiorradial. Bíceps Braquial Bíceps braquial •Origem: escápula. •lnserçao: rádio. •Açao: flete e supina o antebraço; flexiona o bra o. úmero e fossa da ulna. •lnserção: face póstero-lateral do rádio. •Ação: supinação do antebraço. Supinador Trícepes braquial; Supinador; Pronador redondo; Pronador quadrado; Pronador Redondo pronador redondo •Origem: Crista do úmero e crista pronadora da ulna. •lnserçao: Superfície lateral do rádio. •Açao: pronação do ntebraço.

Pronador Quadrado Pronador quadrado •Origem: quarto inferior da ulna. •lnserção: quarto inferior do rádio. •Ação: pronação do antebraço. flexão do punho. Palmar Longo Flexor ulnar do carpo; Flexores: Flexor radial do carpo; Palmar longo; Músculos que movimentam o punho Extensor radial longo do carpo; Extensores: Extensor radial curto do carpo; Extensor ulnar do carpo; Extensor Radial Longo do Carpo Extensor longo do carpo •Origem: crista do úmero. metacarpiano. •Ação: extensão do punho. Extensor Radial Curto do Carpo •lnserção: Extensor curto do carpo ‘Origem:epicôndilo lateral do úmero. ???lnserção: III metacarpiano. •Ação: Extensão do punho. Extensor Ulnar do Carpo Extensor ulnar do carpo ‘Origem:epicôndilo lateral do úmero. •lnserção: ulna e V metacarpiano. •Ação: Extensão do punho. Flexor superficial dos dedos; Flexores: Flexor profundos dos dedos; Flexor longo do polegar. Músculos que movimenta profundo dos dedos •Origem: processo coronóide da ulna e borda do rádio. •lnserção: superficie palmar das falanges distais. •Ação: Flexão dos dedos. Flexor Profundo dos Dedos Flexor Longo do Polegar Flexor longo do polegar •Origem: superfície anterior do rádio. ???lnserção: superfície palmar da falange distal do polegar. ‘Ação: Flexão do polegar. Flexor Longo do polegar Músculos que movimentam os dedos Extensor dos dedos; Extensor do indicador; Extensores: Extensor do dedo mínimo; Extensor longo do polegar; Extensor curto do polegar. Extensor dos Dedos Extensor dos dedos •Origem: epidôdilo lateral do úmero. •lnserção: falanges médias e distais. •Ação: Extensão dos dedos. Extensor do Indicador Extensor do indicador •Origem: superfície posterior da ulna. •lnserção: falange proximal do indicador. •Ação: Extensão do dedo mínimo.

Estrutura

0

SISTEMA EDUCATIVO NACIONAL DE BRASIL 4. ESTRUTURA GERAL DO SISTEMA EDUCACIONAL 4. 1 A ESTRUTURA DO SISTEMA EDUCACIONAL A atual

Read More

Planos cartesianos

0

I. INTRODUÇÃO O plano cartesiano conforme Marcos Noé (1999, 2001) diz que os efeitos através da junção de dois eixos,

Read More