Modelagem de sistemas

Categories: Trabalhos

0

Modelagem de Sistemas Apresentação Modelagem de Casos de Uso É um modelo de análise que representa um refinamento dos requisitos funcionais do sistema em desenvolvimento. Cl Serve para documentar os requisitos funcionais de uma aplicação, devido a sua notação gráfica simples e descrição em linguagem natural, o que facilita a comunicação entre a equipe técnica e os especialistas do domínio. Cl Um observador sabe quais são as funcionalidades fornecidas pelo sistema em questão, e quais são os resultados externos produzidos pelas mesmas.

A notação do mod sse modelo é utiliza Diagrama de Casos d Descrevem relacio de Caso de Uso e os ors to view nut*ge o usuário final pois do sistema. ias entre um grupo processo. Corresponde a uma das tases iniciais de um projeto de software pois envolve a determinação dos usos que o sistema terá, ou seja, do que ele deverá fornecer como serviços. C] O Diagrama de Casos de Uso captura os usos ou aplicações completas do sistema. Atores Um ator é uma entidade externa que interage com o sistema durante sua execução. As entidades externas representadas pelos atores podem ser:

Pessoas: usuario, secretária, aluno, professor, etc Dispositivos: impressora, computadores, etc Hardwares: placa de modem, placa de controle, etc Software: sistema de banco de dados, aplicativos, etc Importante observar que a atores representam papéis desempenhados por pessoas, dispositivos quando estiverem interagindo com o sistema. atores Casos de Uso Representa um relato de uso de certa funcionalidade do sistema em questão, sem revelar a estrutura e o comportamento interno do sistema. Representam a interface externa do sistema e especificam um conjunto de exigências do que o sistema deve fazer.

C] Um caso de uso é mais abrangente, envolvendo todo um conjunto de transações que juntas constituem um servlço completo oferecido pelo sistema. Primários: quando se refere a um processo importante, que enfoca um dos requisitos funcionais do software, como realizar um saque ou emitir um extrato em um sistema de controle bancário. C] Secundários: é aquele que não traz benefício direto para os atores, mas que é necessário para que o sistema funcione adequadamente. Regras de Casos de Uso Cada caso de uso está relacionado com no mínimo um ator.

Cada caso de uso possui um iniciador (um ator) Cada caso de uso liga-se a um resultado relevante (um resultado com valor de negócio) Documentação de Casos de uso Cl Essa documentação costuma descrever, por meio de uma linguagem bastante simples, informações como a função em linhas gerais do caso de uso, quais atores interagem com ele, quais etapas devem ser executadas pelo ator e pelo sistema para que o caso de uso execute sua fun 30, quais parâmetros devem ser fornecidos e quais rest açóes o caso de uso deve quais restrições e validações o caso de uso deve ser.

Documentação dos casos de uso C] Infelizmente, a UML não define um padrão para descrição textual dos casos de uso de um sistema. por conta disso, há diversos estilos de descrição possíveis (numerada, livre, tabular, etc). Cl necessario, no entanto que a equipe de desenvolvimento padronize o seu estilo de descrição. C] Algumas seções normalmente encontradas: Sumário C] Atores Cl Fluxo principal Fluxos alternativos Referências cruzadas (para requisitos não funcionais) Formato Cl Exemplo de descrição contínua A narrativa se dá através de texto livre.

Exemplo de descrição numerada C] É descrita por uma série de passos numerados. Nome Descrição Identificador mportância Ator Primário Atores Secundários pré-condições Relacionamentos IJma associação ente um ator e um caso de uso demonstra que o ator utiliza, de alguma maneira, a funcionalidade do sistema representada pelo caso de uso em uestão, seja requisitando a execução daquela função, o o resultado produzido PAGF3ÜFS com o sistema por meio daquele caso de uso. Inclusão C] Existem somente entre casos de uso.

C] Costuma ser utillzada quando existe um cenário, situação ou otina comum a mais de um caso de uso. Extensão Os casos de uso estendidos descrevem cenários que apenas ocorrerão em uma situação específica se determinada condição for satisfeita. C] Um comportamento que só ocorre sob certas condições, ou cuja realização depende da escolha do ator. Generalização/Especialização C] O relacionamento de generalização/especialização é uma forma de associação entre casos de uso na qual existem dois ou mais casos de uso com características semelhantes, apresentando pequenas diferenças entre si.

Cl A estrutura de um caso de uso generalizado é herdada pelos casos de uso especializados. C] Os casos de uso especializados herdam também quaisquer possiveis associações de inclusão ou extensão que o caso de uso geral venha a ter. Generalização/ Especialização Restrições em Associação de extensão Restrição são compostas por um texto entre chaves e utilizadas para definir validações, consistências, condições, etc, que devem ser aplicadas a um determinado componente ou situação. Dicas para usar relacionamentos Inclusão: use inclusão quando o mesmo comportamento se epetir em mais de um caso de uso.

Cl Extensão: use extensão quando um comportamento eventual de um caso de uso tiver de ser descrito. Podemos também pensar em usar o relacionamento de extensão na situação em que precisamos estender o comportamento de um caso de uso preexistente sem mod PAGF extensão na situação em que precisamos estender o comportamento de um caso de uso preexistente sem modificar sua descrição original. C] Generalização entre casos de uso: use generalização entre casos de uso quando você identificar dois ou mais casos de uso om comportamentos semelhantes.

Crie, então, um casos de uso mais genérico e o relacione por generalização aos casos de uso semelhantes. Identificação dos elementos da MCC] Um ator é todo elemento externo que interage com o sistema. C] Que órgãos, empresas ou pessoas utilizarão o sistema? C] Que sistemas ou equipamentos irão se comunicar com o sistema a ser construído? Alguém deve ser informado de alguma ocorrência no sistema? Quem está interessado em certo requisito funcional do sistema? C] Casos de Uso Casos de uso primários são aqueles que representam os bjetivos dos atores.

Cl Quais são as necessidades e os objetivos de cada ator em relação ao sistema? O sistema deve realizar alguma ação que ocorre regularmente no tempo? Cl Para cada requisito funcional, existe um (ou mais) casos de uso para atendê-lo? Identificação dos elementos da MCIJ Casos de uso secundário é aquele que não traz benefício direto para os atores ma que é necessário para que o sistema funcione Manutenção de Cadastros Manutenção de Usuários e de seus perfis Manutenção de informações rovenientes de outros sistemas

Modificações sociais e culturais na república velha

0

Introdução poucas sociedades do mundo atual sofreram tão profundas modificações como a sociedade brasileira neste século. Não devemos esquecer que

Read More

A visão da arte

0

Globo. com • notícias • esportes • entretenimento • vídeos Parte superior do formulário FormulOrio de Buscabuscar [pic][pic][pic][pic][pic] Parte inferior

Read More