Monografia

Categories: Trabalhos

0

Bibliografia * BAGNO, Marcos. Português ou brasileiro? um convite ? pesquisa. Parábola Editorial. São Paulo: 2001. * BAGNO, Marcos. Preconceito LingUístico. São Paulo: Edições Loyola, 1999. CIPRO NETO, Pasquale. O dia-a-dla da nossa língua. publlfolha. sao Paulo: 2002. * CONRAD, Robert. (1 978[19721). Os últimos anos da escravatura no Brasil: 1850-1880. 2a. ed. Rio de janeiro: CiVilizaçao Brasileira. * COUTO, Jorge. (1997). A construção do Brasil: ameríndios, portugueses e africanos do início do povoamento a finais de quinhentos. 2a. ed. Li * CUNHA, Celso, Cl contemporâneo. Rio Jê. * GARTNER, Eberha

Brasilianisches Portu ora ática do português ra, 2001 rache. gabe, 1984. * HOUAISS, Antôni0. (1985). O portugu s no Brasil. Rio de Janeiro: UNIBRADE/UNESCO. * INSTI UTO SÓCIO-AMBIENTAL (org. ). (2000). povos indígenas no Brasil 1996/2000. São Paulo: l. S. A. * KREUTZ, Lúcio. (2000). A educação de imigrantes no Brasil. In LOPES, E. et alii (orgs. ). 500 anos de educação no Brasil. Belo Horizonte: Autêntica. p. 347-370. * MATTOS E SILVA, Rosa Virgínia. (2000). Da sóCi0-hiStória do Português Brasileiro para o ensino do português no Brasil hoje In AZEREDO, J. C. (org. ). Língua portuguesa em debate.

Petrópolis: Vozes. p. 19-33. * MATTOS E SILVA, Rosa Virgínia. (2001). (org. ). para a história do Português Brasileiro. Primeiros estudos. v. II, tomos e II, S. Paulo, Universidade de S. Paulo. * MATTOS e SILVA, Rosa Virgínia. O português são dois – novas «Differences and Similarities between European and grazilian Portuguese in the Use of the “Gerúndio”», Journal of Portuguese Linguistics, 3. 1, 2004, pp. 111-139. MONTEIRO, John Manuel. (1995). Negros da terra. índios e bandeirantes nas origens de São Paulo. São Paulo: Companhia das Letras. . Ensaios para uma sócio-história do português brasileiro.

São Paulo: Parábola Editorial, 2005. * NARO, Anthony e SCHERRE, Martha. (1993). sobre as origens do português popular do Brasil. D. E. L. T. A. (no. especial): 437-455. * NARO, Anthony e SCHERRE, Martha. (2000). vanable concord in Portuguese: the situation in Brazil and Portugal. Creole language library, 21: 235-255. * PERINI, Mário A. A língua do Brasil amanhã e outros mistérios. São Paulo: Parábola Editorial, 2003. * RIBEIRO, liza. (1999). A origem do português culto. A escolarização. Comunicação em Encontro da UNIFACS. Salvador. (mimeo). * ROBERTS, l. e KATO, M. (1993) (orgs. ). Português Brasileiro: uma viagem diacrônica.

Campinas: Editora UNICAMP. * RODRIGUES, Aryon. (1986). Línguas brasileiras. Para um conhecimento das línguas indígenas. São Paulo: Loyola. * SCHERRE, Martha e NARO, Anthony. (1997). A concordância de número no português do Brasil: um caso tipico de variação inerente. In HORA, D. (org. ). Diversidade linguística do Brasil. João Pessoa: Idéia. p. 93-114. * SILVA NETO, serafim da Silva. (198611950)]. Introduçao ao estudo da língua portuguesa no Brasil. 5a. ed. Rio de Janeiro: Presença. * SILVA NETO, Serafim da Silva. (1960). A língua portuguesa no Brasil. problemas. Rio de Janeiro: Académica. * SUE, Tyson-Ward.

Teach Yourself Brazilian Portuguese: Complete Course. Paperback * STÔRIG, Hans Joachim. A aventura das línguas – uma história dos idiomas do mundo. São Paulo: Joachim. A aventura das línguas – uma história dos idiomas do mundo. São Paulo: Melhoramentos, 2003. * TEYSSIER, Paul. História da Língua Portuguesa. São Paulo: Martins Fontes, 1977. * TEYSSIER, Paul. História da língua portuguesa. Lisboa: Sá da Costa. 1980 * THOMAS, Earl W. Gramrnar of spoken Brazilian portuguese. Paperback * WALTER, Henriette. A aventura das l[nguas no ocidente. Sáo Paulo: Mandarim, 1997. * Estatutos da Comunidade dos Países de Língua Portuguesa

BAGNO, Marcos. Dramática da língua portuguesa: tradição gramatical, midia e exclusão social. São Paulo : Loyola, 2000. FÁVERO, Leonor opes; KOCH, Ingedore Grunfeld Vilaça. Lingüistica Textual: introdução. São Paulo : Cortez, 1983. NEVES, Maria Helena de Moura. Gramática na escola. 2. ed. São Paulo : Contexto, 1991. . A gramática funcional. Sáo Paulo : Martins Fontes,1997. . A gramática: conhecimento e ensino. In: AZEREDO, José Carlos de. (Org. ). Língua portuguesa em debate: conhecimento e ensino. Petrópolis : Vozes, 2000. p. 52-73. POSSENTI, Sirio. por que (não) ensinar gramática na escola? In:

PEREIRA, Maria Teresa G. (Org. ). Língua e linguagem em questão. Rio de Janeiro : EDUERJ, 1997. p. 109-128. PRESTES, Maria Luci de Mesquita. Ensino de português como elemento consciente de interação social: uma proposta de atividade com texto. Ciências & Letras. Porto Alegre : FAPA, n. 17, p. 189-198, 1996. . Leitura e (re)escritura de textos: subsídios teóricos e práticos para o seu ensino. 4. ed. Catanduva : Rêspel, 2002. SOARES, Magda. Linguagem e escola: uma perspectiva social. 5. ed. São Paulo : Ática VYGOTSKY, Lev Semenovich. Pensamento e linguagem. 2. ed. São paulo : Martins Fontes, 1989. PAGF3ÜF3

Project charter

0

Projeto Central Compras 05/03/2001 Objetivo O projeto tem por objetivo montar central de compras, para aquisição de produtos que serão

Read More

Logística

0

INTRODUÇÃO Na busca pela completa satisfação do cliente, a organização precisa saber o significado da palavra qualidade que deve ser

Read More