Montanhismo

Categories: Trabalhos

0

como brisas suaves; mato fechado, assim como flores silvestres; insetos que picam, assim como pássaros cantando. Escalar montanhas é um modo difícil de gastar o seu tempo livre; dizem até que o montanhismo é a arte do sofrimento. O montanhismo é praticado em um ambiente indiferente para as necessidades humanas, e não é todo mundo que está disposto a pagar o preço do cansaço para obter como recompensa o enriquecimento físico e espiritual. Objetivo do curso: curso é uma introdução as atividades desenvolvidas na montanha.

O principal objetivo será assar informações e técnicas ao aluno, fazendo com que ele conheça suas próprias limitações e desenvolva habilidade para excursionar em meio natural com respeito ao meio ambiente. público Alvo: e Adultos. Esportistas, educadores, estudantes, guias de turismo, fotógrafos, biólogos, geólogos, monitores ambientais – e interessados nas atividades vinculadas à natureza e a montanha. Conteúdo: – Histórico Breves relatos da história do montanhismo e da escalada onde o contexto é mostrar a evolução do esporte e sua abrangência. Modalidades Algumas articularidades sobre o montanhismo e a escalada quando realizadas: indoor/outdoor. – Equipamentos e vestimenta A utilização correta dos equipamentos em simples caminhadas, no montanhismo e em excursões em geral. Subsídios para escolher materiais de uso coletivo e Individual, tais como: vestuário, calçado, barracas, fogareiros, isolantes térmicos, mochilas entre outros. Evitando erros na hora da sua compra e da sua correta utilização no decorrer das atividades. – Camping de Mínimo Impacto Ambiental o Jovens Turismo e A P-aGF30F173 decorrer das atividades.

Camping de NMnimo Impacto Ambiental Turismo e Aventura Programa: 10 Dia – 12008 – Reunião de logística Apresentação na PRIMATA TURISMO E AVENTURA Motivo: Preparação da logistica do curso e entrega de material. Horário: 19h às 21h 20 Dia – 12008 ( – Aula teórica Apresentação na PRIMATA TURISMO E AVENTURA Horário 1 9:00h às 21h – Montanhismo – Introdução e Histórico – Modalidades – Equipamentos e vestuário – Camping 30 Dia 12008 – Aula teórica Apresentação na PRIMATA TURISMO E AVENTURA Horário 19:00h às 21h – Alimentos –

Orientação e Navegação – Técnicas de Caminhada – Prevenção de Acidentes – Conservacionismo – Escalada em Rocha 10 Dia ‘2008 (_) – Aula prática. Alvorada entre 6:00 e 7:00 h Café da manha – Prática de caminhada; – Pratica de Navegação utilizando bússola e carta topográfica, OPS. – Considerações sobre atividades como: cozinhar, higiene pessoal, escolha do local de camping entre outros; – Prática de Camping de mínimo impacto (acampamento 1) Ao longo do dia faremos pausa para lanchar Pernoite em acampamento e jantar por volta das 1 g:30 h 20 Dia 12008 (_) – Aula prática.

Alvorada entre 6:00 e 7:00 h Café da manha – Recolher Acampamento – Considerações gerais sobre arrumação da mochila. Prática de Escalada – Prática de Camping de mínimo impacto (acampamento 2) Ao longo do dia faremos pausa para lanchar pernoite em acampamento e jantar por volta das 19:30 h 30 Dia / 12008 – Aula prática. Alvorada entre 6:00 e 7:00 h Café da manha – Recolher Ac ) — Aula prática. Alvorada entre 6:00 e 7:00 h Café da manha – Recolher Acampamento – Prática de Escalada – Retorno ao Abrigo. – Finalização do curso.

O que é necessário ara realizar o curso: Está incluso. A utilização dos equipamentos: Barraca, Mochila, Isolante érmico, Saco de Dormir, Bússola. Apostila e mapa do local da prática. Certificado para os que tiverem 100% de frequência. Kit Primeiros Socorros. Seguro para os dias de prática Apostila de Escada em Rocha Bússola e GPS Não está incluso. Alimentação e despesas extras de qualquer natureza. Cantil para água. Calçado confortável para a caminhada (Ténis, de preferência bota de trekking). Roupa para caminhada e roupa extra. Lanterna (de preferência lanterna de cabeça).

Agasalhos (fleece e agasalho de nylon “corta vento/capa de chuva”). Medicamentos e material de higiene pessoal. Chinelos ou papeti. Protetor solar e repelente. Chapéu ou boné. O curso inclui: – Transporte veículo 4×4 – Serviço de Guia; – Seguro de Viagem. – Suporte de alimentação e água; – Guias e Monitores capacitados; 2 Turismo e Aventura índice 1. Agradecimentos — 2. Introdução Montanhismo . Histórico . 4. Histórico — • A História do Montanhismo no • A História do Montanhismo em Minas Gerais . • A História do Montanhismo na regiao . 5. Modalidades 6.

Roupas e Equipamentos • Equipamentos para os pés Roupas . • Equipamentos para a cabeça • Tronco • Cintura Abaixo . • Cintura Abaixo . • Mochilas Equipamentos Essenciais (IO) . • Lista de Checagem Camping de Mínimo Camping mpacto . • Cobertura „ • Sacos de Dormir . . • Bivaques Alimentos . . 8. Alimentos . 9. Orientação e Navegação . • Mapas Bússola • Altímetro • Orientação por instrumentos • Perdido . 10. Técnicas de Caminhada Caminhando — • Trilhas e Caminhadas 1 1 . Prevenção de Acidentes . 11. Prevenção de Acidentes . ?? Conduta Frente a uma mergencia 12. Conduta Consciente em Ambientes Naturais • Práticas de Mínimo Impacto 13. Escalada em Rocha 14. Bibliografia e Fontes de Consulta „ 15. Anotações 04 05 05 05 07 08 08 08 09 09 1 13 13 1414 15 16 1620 2022 24 25 26 3031 3437 39 4041 41 43 454547 47 49 50 1 . Agradecimentos A Serra da Mantiqueira senhora dos nossos domínios, aos amigos e companheiros que no transcorrer dos anos percorreram caminhos, escalaram montanhas e dividiram os sonhos. Muitos acreditaram em seus ideais e fizeram dos sonhos a maneira de viver… ontemplando a vida com mais aventura e esponsabilidades sobre os olhos de gaia. 4 Turismo e Aventura energia para viajar onde nó aventura e responsabilidades sobre os olhos de gaia. Turismo e Aventura energia para viajar onde nós não causaremos danos a nós mesmos, a outros ou ao meio ambiente. Esta apostila tem o intuito de proporcionar informação para escaladores iniciantes. As informações aqui contidas representam a combinação de experiências de vários escaladores, que têm viajado pela maioria das montanhas exploradas na terra. Isto não deve ser considerado como uma verdade absoluta.

Embora aprender com a experiência de outros seja valioso, o tempo passa; e o estudante retorna novamente para ensinar o professor. Lembre-se que novas técnicas e avanços tecnológicos ocorrem tão frequentemente que qualquer esforço para registrar “0 estado da arte” é rapidamente ultrapassado. Com este cuidado em mente, esta apostila poderá servir como seu passaporte para a liberdade das montanhas. Preocupando- se com o Intocado e Selvagem lugares selvagens podem ser arruinados pela sua beleza. Somos atraídos até eles e assim, estamos consumindo áreas selvagens em uma proporção larmante, usando e modificando ao nosso capricho.

Dificilmente agimos de outra maneira. A montanha não existe para nosso entretenimento. Elas não nos devem nada e não exigem nada de nós. Como montanhistas viajando em áreas selvagens, nossa responsabilidade mínima para com este privilégio é deixar as montanhas como nós a encontramos, sem nenhum sinal de nossa passagem. Nós devemos estudar os lugares que visitamos e sensibilizarmo-nos com sua vulnerabilidade, e assim, acampar e escalar de maneira que minimizemos o nosso impacto. O pnvilégio que desfrutamos nas montanhas tra PAGF 173

Processos de secagem e conservação de frutas

0

Processos de secagem e conservação de frutas A desidratação ou secagem de um alimento é a operação de remoção de

Read More

Téc. segurança do trabalho

0

Éo perigo a que determinado indivíduo está exposto ao manipular produtos químicos que podem causar danos físicos ou prejudicar sua

Read More