Pim iii

Categories: Trabalhos

0

UNIP INTERATIVA PROJETO INTEGRADO MULTIDISCIPLINAR CURSOS SUPERIORES DE TECNOLOGIA MODELAGEM DESEMPENHO E GERENCIAMENTO ANALISES E PROPOSTAS MORRO DO CHAPÉU 2010 PROJETO INTEGRAD CURSOS SUPERIORES 0 p Aluno: Erivelto Gomes de Oliveira Ra: 1019316 Aluno: Evanilson Xavier Figueiredo Ra: 1016782 Semestre: II Morro do Chapéu – Bahia 2010 RESUMO O cenário empresarial requer processos que dêem conta de atender à demanda especifica de cada instituição. ara isso, todas as ações devem ser planejadas e executadas de forma a garantir -lal Studia responsible for the creation of software for banks and seeks to dentify ways for better utilization of the shares of the sarne. Keywords: System Manager Database, Data Modeling, Business Ethics. SUMARIO 1 – INTRODUÇAO 062 DISCUSSÃO DE PROBLEMAS E APRESENTAÇÃO DE PROPOSTAS — 07 2. 1 – CAPITULO l: DA EMPRESA – 07 2. 2 – CAPITULO II: DOS PROBLEMAS E PROPOSTAS 07 2. 2. 1 – PROBLEMAS DE MODELAGEM 07 2. 2. 1. 1 – COMPOSIÇÃO DE SISTEMA DE BANCO DE DADOS — 10 2. . 1. 2 – MODELAGEM DE BANCO DE DADOS – MODELO RELACIONAL 11 2. 2. 2 – RELATORIOS APRESENTADOS E PROBLEMAS NÃO RESOLVIDOS— 17 2. 2. 2. 1- OS FUNDAMENTOS DA MORAL E DA 18 2. 2. 2. – A ETICA NO AGIR PROFISSIONAL 19 3 – CONCLUSÃO 23 4 – REFERÊNCIAS – 24 1 – INTRODUÇÃO A Software Developer se constitui como uma empresa responsável pela criação de softwares e tem como principais clientes instituições financeiras que trabalham com Sistemas de Consórcio, Sistemas de Financiamento e Sistemas de Empréstimos.

Todavia, a mesma vem apresentando vários problemas que vem dificultando o desenvolvimento de suas ações, frente às demandas ue recisam ser atendidas. Com base nos problemas que e a empresa, estudos e o atendidas. Com base nos problemas que estão a atingir a mpresa, estudos e o próprio relatório gerado pelos diversos setores da Software Developer que, conforme será apresentado se constituiu como uma grande fonte de análise dos problemas e propostas evidentes para a mesma.

Os principais desafios são: proporcionar um melhor gerenciamento do banco de dados, reduzir custos em virtude de ter uma margem de lucro maior, ter em um sua empresa um banco de dados resistente ao tempo, esse banco de dados será utilizado tanto no presente como no futuro sendo uma ferramenta que sempre estará em processo de atualização, facilitando assim a vida dos funcionários e clientes.

Quanto as questão de ordem ética, que também vem causando prejuizos às ações da empresa onde o departamento já fez seus estudos e agora esta esperando resposta as quais devem reduzir em uma porcentagem grande a perda que esta acontecendo na empresa. 6 2 • DISCUSSAO DE PROBLEMAS E APRESENTAÇAO DE PROPOSTAS 2. 1 . CAPÍTULO l: DA EMPRESA A Software Developer está no mercado de trabalho, tendo como principal tarefa a produção de softwares que dão suporte a Bancos para gerenciarem seus Sistemas de Consórcio, Sistemas de Financiamento e Sistemas de Empréstimos.

De cordo com os relatórios internos, o servidor de banco de dados vem apresentando problemas, o que tem prejudicado o gerenciamento destes dados entre os demais computadores desta rede. O desafio é, então, apresentar à Software Developer propostas de melhoria em seu sistema de gerenciamento de banco de dados, de forma a torná-lo eficiente e garantir uma produção otimizada de softwares ara seus clientes, sem com isso, gerar gastos desnece 3 0 softwares para seus clientes, sem com isso, gerar gastos desnecessários a mesma. 2. 2 – CAPÍTULO II: DOS PROBLEMAS E PROPOS AS 2. 2. – PROBLEMAS NA MODELAGEM DE DADOS Ao analisar o relatório entregue pelo DBA, foi possível constatar, entre outros problemas, que: Na modelagem de base de dados muitos dados já poderiam ter sido removidos da base pelo fato de já não serem mais utilizados. A empresa Software Developer trabalha com uma modelagem de banco de dados que é um processo pelo qual é planejada ou projetada uma base de dados, 7 através do qual se pode, entre outras coisas, construir e gerenciar um banco de dados consistente e que permita uma administração mais segura e eficiente dos dados da empresa.

Já que esta empresa é responsável pela construção de softwares e gerenciamento de sistemas financeiros de outras empresas, o seu próprio banco de dados precisa ser o mais eficiente possível. Porém, segundo os relatórios internos da empresa, existem problemas nesta modelagem de banco de dados, que vem trazendo prejuízos no gerenciamento deste banco de dados: muitos dados que não são mais necessários e que poderiam ser removidos da base de dados, não foram excluídos danificando o desenvolvimento desta base.

Levando em conta que os clientes da Software Developer são Bancos que trabalham com Sistemas de Consórcio, de Financiamento e de Empréstimos, é preciso que mesma possua um banco de dados que atenda a demanda da instituição que a contratou, ou seja, a construção de softwares competentes e eficientes o bastante ara gerenciarem seus processos. Mas como a So per pode dar conta de conta de tal atividade se o seu próprio banco de dados está apresentando problemas tão primários? Como possibilitar ao banco de dados das instituições financeiras o gerenciamento de ações que precisam ser continuamente atualizadas?

Para responder a tais indagações, se faz necessário um estudo sobre banco de dados, suas características, modelos e outras nformações necessárias, para só então apresentar uma proposta viável para a resolução desta problemática. Sobre banco de dados, a Wikipédia informa: Banco de dados (ou base de dados) é um conjunto de registros dispostos em estrutura regular que possibilita a reorganização dos mesmos e produção de informação. Um banco de dados normalmente agrupa registros utilizaveis para um mesmo fim.

Um banco de dados é usualmente mantido e acessado por meio de um software conhecido como Sistema Gerenciador de Banco de Dados (SGBD). Normalmente um SGBD adota um modelo e dados, de forma pura, reduzida ou estendida. Muitas vezes o termo banco de dados é usado, de forma errônea, como sinônimo de SGDB. 8 O trabalho na área de banco de dados requer ferramentas e pessoas, que possam compreender as diferentes tecnologias do mercado, fazer escolhas que atendam as expectativas e propor soluções aos diversos problemas que surgem nesta área de gerenciamento dos dados armazenados por uma empresa. ara a eficiência de um Sistema de Gerenciamento de Banco de Dados, o mesmo deve possuir as seguintes características: ntegridade, restrição, segurança/ privacidade, restauração, eorganização e eficiência e os seus principais objetos devem ser: tabelas, visões e índices. INTEGRIDADE: os dados a m um banco de dados índices. NTEGRIDADE: Os dados armazenados em um banco de dados devem ter a garantia de sua integridade, para poderem ser transformados em Informações seguras e úteis, caso contrário não se poderá transformá-los em informação real.

De nada adiantará a modernidade da tecnologia se não houver uma qualidade em suas informações. RESTRIÇÃO: As informações contidas no banco de dados não devem estar acessíveis a todos os usuários, se faz preciso restrição de quem é o responsável pela administração e gerenciamento destes dados, ficando o DBA responsável por determinar qual funcionário pode ter acesso a qual informação. SEGURANÇA/ PRIVACIDADE: se refere à proteçao do banco de dados, para que possa estar imune aos ataques intencionais e não intencionais, através de meios computacionais de gerenciamento de acessos.

RESTAURAÇÃO: Consiste na possibilidade de restaurar as informações contidas em um servidor, tendo o cuidado de não perder nenhuma informação. REORGANIZAÇÃO: Procura otimizar, os arquivos, organizando-os periodicamente. Esta é uma ação extremamente importante, principalmente se os arquivos possuírem muitas informações. EFICIÊNCIA: Um banco de dados pode ser considerado eficiente se ele possuir rapidez na armazenagem e recuperação dos dados arquivados no mesmo, 9 dando ao usuário mais agilidade e segurança nas ações que forma sendo executadas. . 2. 1 . 1 – COMPOSIÇÃO DE SISTEMA DE BANCO DE DADOS O Sistema de Banco de Dados é composto por quatro componentes os, hardware, software integrado ou compartilhado. O banco de dados integrado busca o controle de total eliminação de dados redundantes, geralmente ncontrada em sistemas de arquivos comuns (gerenciadores de arquivos); o modelo compartilhado permite o acesso de vários usuários a uma mesma parte dos dados, com diversas finalidades.

Hardware: Os componentes de hardware do sistema consistem em: Volumes de armazenamento secundário — geralmente, discos magnéticos usados para manter os dados armazenados, e os dispositivos de EIS associados (unidades de discos, etc. ), controladores de dispositivos, canais de E/s, etc. Processadores de hardware e memória principal associada – usados para dar suporte a atividade do software do Sistema e Banco de Dados. Software: Conhecido como Gerenciador de Banco de Dados ou Servidor de Banco de Dados ou ainda, como Sistema de Banco de Dados, se situa entre os dados fisicamente armazenados e os usuários.

Todas as vezes que for preciso requerer acesso ao banco de dados, bem como remover, acrescentar arquivos, buscar dados ou atualizá-los estas ações serão possibilitadas pela atividade do SGBD, sendo ele o mais importante componente de software. Estando também presentes e com sua importância garantida alguns utilitários, ferramentas de desenvolvimento de aplicações, recursos para auxiliar no rojeto, geradores de relatórios e o gerenciador de transações.

Usuários: Existem, de forma geral, três formas de usuários: • Os programadores de aplicações, que são os responsáveis pela elaboração de programas que dão acesso ao banco de dados. 10 • Os usuários finais são os demais funcionários que tem acesso interativo ao banco de dados. • Os profissionais da área de banco de dados, que pode 20 tem acesso interativo ao banco de dados. • Os profissionais da área de banco de dados, que podem ser: Administrador de Dados e a pessoa responsável pelos dados da empresa. ? ele uem decide quais dados serão armazenados no banco de dados, além de decidir sobre as normas para tratar e manter os dados armazenados. Administrador de Banco de Dados (DBA) é o técnico responsável pela implementação das decisões tomadas pelo Administrador de Dados. É um profissional de tecnologia da informação. Sua principal função é criar o banco de dados e se responsabilizar em pôr em prática as estabelecidas pelo Administrador de Dados, bem como assegurar o bom desempenho adequado do sistema. 22. 1. 2.

MODELAGEM DE BANCO DE DADOS – MODELO RELACIONA Existem vários tipos de modelagem de banco de dados isponíveis, se faz necessário a análise sobre seus componentes e seus usos para determinar qual o modelo mais adequado para cada atividade e cada empresa. Entre eles se destaca o Modelo Relacional, que, como o próprio nome diz refere-se às relações entre as informações disponíveis e é o modelo que mais se aproxima da realidade da empresa Software Developer e das instituições financeiras que são clientes da mesma.

Sobre o Modelo Relacional, a Wikipédia traz outras informações: O modelo relacional é um modelo de dados, adequado a ser o modelo subjacente de um Sistema Gerenciador de Banco de Dados (SGBD), que se baseia no principio em que todos os dados estão guardados em tabelas (ou, matematicamente falando, relações). Toda sua definição é teórica e baseada na lógica de predicados e na teoria dos conjuntos.

O exemplo abaixo, extraído da página do Google, ilustra o formato de uma tabela em um banco de dado exemplo abaixo, extraido da página do Google, ilustra o formato de uma tabela em um banco de dados relacional, que mostra a relação entre empregados, número de empregados, salários, departamentos, número do departamento, nome 11 do departamento e o ramal de cada departamento de uma eterminada empresa. Para mostrar como os dados se relacionam e organizam as informações reais e necessárias para a organização e o funcionamento de uma empresa, esta tabela é a melhor forma de organização e armazenamento destes dados.

Para o melhor entendimento sobre as tabelas Empregado e Departamento, segue uma informação apresentada pela Wikipédia: Em definição simplificada, o modelo baseia-se em dois conceitos: conceito de entidade e relação – Uma entidade é um elemento caracterizado pelos dados que são recolhidos na sua identificação vulgarmente designado por tabela. Na construção da tabela dentificam-se os dados da entidade a atribuição de valores a uma entidade constrói um registro da tabela. A relação determina o modo como cada registro de cada tabela se associa a registros de outras tabelas.

Na primeira tabela, Empregado, existem dados referentes aos empregados de um determinada empresa que são distribuídos e organizados por diversas outras informações (número de empregado, nome de empregado, salário e departamento), 12 estes dados, por sua vez se relacionam com os dados pertencentes à tabela Departamento. Para evidenciar a compreensão, observe os elementos dos conjuntos A e B e a elação existente entre eles: Exem lo: Dados dois conjuntos A: eles é Ana = 5, diz-se que AnB = 5, diz-se que “A inter B” é igual a 5.

Fazendo a transposição do exemplo dos conjuntos para o conteúdo da tabela em estudo, o exemplo será o seguinte: Exemplo: Dados dois conjuntos Empregados- {Número de empregado, Nome de Empregado, Salário e Número do Departamento} e Departamento= {Número do Departamento, Nome do Departamento e Ramal}, a interseção entre eles será EmpregadosnDepartamento = Numero do Departamento, diz- se que “Empregados inter Departamentos” é igual a Número do

Departamento. No Banco de Dados da Software Developer, segundo as informações contidas no relatório apresentado pelo DBA, existem dados que são desnecessários 13 e que continuam ocupando espaços no referido banco. Recomenda-se, nestes casos, que seja feita uma limpeza no banco de dados para proporcionar mais agilidade e garantir que somente os dados realmente necessários à empresa continuem neste banco.

Refletindo sobre este problema, frente às instituições financeiras já citadas neste trabalho, é impossível que as mesmas garantam um atendimento de qualidade aos seus lientes, tendo os dados desatualizados em seus arquivos, já que precisarão lançar débitos e créditos continuamente, atualizar juros e valores, entre outras ações.

A Enciclopédia Wikipédia traz a seguinte informação sobre Limpeza: Na história e ciência política, uma limpeza é a remoção das pessoas que são consideradas indesejáveis pelos detentores do poder de um governo , de outra organização, ou da sociedade como um todo. Limpa pode ser pacífica ou violenta, muitas terminará com a prisão ou o exílio dos expurgados, mas em alguns casos, eles vão sim removido do cargo. 0 DF 20

Preparação e padronização de uma solução de naoh +/- 0,1 mol/l

0

UNIVERSIDADE FEDERAL DE SERGIPE CENTRO DE CIÊNCIAS EXATAS E TECNOLÓGICA DEPARTAMENTO DE QUÍMICA DISCIPLINA QUIMICA EXPERIMENTAL PADRONIZAÇÃO DA SOLUÇÃO DE

Read More

Ciencias comtabeis

0

JOSTEIN GAARDER O DIA DO CURINGA Traduçao: JOÃO AZENHA JR 16″ reimpressão – COMPANHIA DAS LETRAS copyright C 1995 by

Read More