Ponteiros basicos

Categories: Trabalhos

0

UNIT 1 CONSCIENTIZAÇÃO A finalidade do Inglês Instrumental é auxiliá-lo a “ler” em Inglês. Embora você possa ter pouco ou nenhum conhecimento desta língua, você já detém um número razoável de elementos facilitadores de compreensão de um texto escrito em qualquer lingua, considerando que você já é um profundo conhecedor de, pelo menos uma: a materna. Em função disto, você domina ou tem condições de dominar, procedimentos que o auxiliarão p na compreensão de chamamos de READI Por que ao lermo los com facilidade, e OFS4 s procedimentos EGIAS DE LEITURA). azes de entendê- tros, nossa compreensão é apenas parcial e ainda, em outros casos, os textos se afiguram como incompreensíveis? Seria a compreensão, ou a falta de compreensão, inerente às informações contidas nos textos? Ou seria isto relacionado unicamente à habilidade, ou à falta de habilidade, dos leitores? Lendo Sob Diferentes Perspectivas como o conhecimento e a experiência estão organizados em nossa mente. ( Ex. : o campeão de caratê quebrou o bloco de cimento).

Quando lemos ativamos os nossos esquemas, caso o leitor deixe de ativa-los, o texto terá pouca ou nenhuma chance de azer sentido para aquele leitor. Os textos em si são sempre incompletos: sem a ativação de componentes conceituais inerentes ao esquema e das relações entre eles, os textos são vistos como incoerentes e sem sentido. Se voltarmos ao texto apresentado podemos, agora, perceber porque os leitores tendem a não compreende-lo quando o lêem sem a figura ou o título , mas o compreendem sem dificuldades quando o lêem acompanhado da figura ou do título.

Três Causas da Falta de Compreensão a) – A compreensão nao se realizará se o leitor não possuir esquemas relativos ao conteúdo do texto. )- Pode deixar de haver compreensão quando o leitor possui esquemas pertinentes, mas por alguma razão, nao os ativa. c)- pode haver falha de compreensão quando o leitor, por alguma razão, forma uma representação mental do texto diferente daquela que o autor teve a intenção de transmitir. Conclusões 2 4 O lado desconhecido da Sudapanol.

Ota faz seguros desde 1895, roc pioneira em xentas modalidades de seguros e tem hoje para 500 representações na Perambil, América Latina e Europa. Pat, de acordo mit tendências da economia peramboleira, a Sudapanol xentanificou suas simparidades. Além de associações mit bancos, ota trabalha mit capitalização do Perambil e que, em 1 979, cracovou 50 anos. Além disso, a Sudapanol puruca apoio a música, a arte, e o esporte Garantir um forburro tranqüilo roc o trabalho da Sudapanol. PROBLEMA NA CLAMBA Naquele dia, depois de plomar, fui ver drão o Zé queria ou não ir comigo la na clamba.

Pensei melhor grulhar-lhe. Mas na hora de grulhar a ficha vi-o passando com a golipesta – então me dei conta que ele já tinha outro programa. Então resolvi ir no tode. Até chegar na clamba, tudo bem. Estacionei o zulpinho bem nascinho, pus a chave no bolso e desci orrendo para aproveitar ao chinta aquele sol gostoso e o mar pli sulapente. Não parecia have em glap 54 Tirei os grispes, pus a para: titulos, subtítulos, legendas, lay-out do texto, ilustrações, palavras transparentes ou cognatas (palavras muito parecidas com a língua materna), etc.

Lançar mão da inferência (tentar “chutar”seu significado) é muito importante. A informação não-verbal (Ilustrações, mapas, números, sinais de pontuação, diagramas, dicas tipográficas, tabelas, etc) é um elemento facilitador da compreensão. OSCANNING – estratégia utilizada para obtenção de uma nformação espec[fica dentro de um texto. Exemplo: procurar o telefone de uma pessoa no catálogo telefônico. Você leria o catálogo todo ou utilizaria alguma técnica conhecida? Começaria pelo sobrenome.

LEITURA DETALHADA – neste estágio, faz-uso de todas as técnicas de leitura. Trata-se aqui de uma compreensão detalhada. É utilizada para obter-se todas as informações que um texto possa oferecer. Poucas vezes este processo será utilizado. IDENTIFICAÇÃO DE PALAVRAS TRANSPARENTES OU COGNATAS – esta técnica tem como objetivo mostrar que mesmo em idiomas diferentes existem palavras comuns ao idioma nativo, ue vem facilitar a leitura. VOCABULÁRIO E USO DO CONTEXTO – técnica de leitura onde se institui a utilização do dicionário.

Sua utilização só é feita como último recurso. Primeiro identifica-se as palavras transparentes ado da palavra dentro ou cognatas, ou tenta-se i 4 54 leitor faz sua avaliação crítica, ou seja, opina sobre o assunto em questão e discute-se sua validade elou aplicabilidade. Neste momento, tem importância a estrutura do texto em questão. Podem ser os textos: INFORMATIVOS (os que relatam fatos, transmitem informações), APELATIVOS (os que tentam convencer leitor, exemplo: a propaganda) ou EMOTIVOS (os que objetivam expressar emoções, crenças ou valores).

A leitura crítica tanta decodificar o objetivo do autor. EXERCÍCIOS – Dê uma olhada nos quatro textos que se seguem. Você pode perceber que eles não estão nem em inglês, nem em português. Você saberia dizer em que línguas eles estão? a) – Textos números 1 e 3. b)- Textos números 2 e 4. 1 TEXTOS 1 E 2 — Como você denominaria os textos 1 e 2? Marque a resposta certa: ) contos artigos de revistas gráficos ) índices de revistas manuais de instrução tabelas Qual o nome das revistas e qual a data de publicação das 211- mesmas? 4 17 18 19 20 21 22 25 26 b VII – Por quê você conseguiu entender o TEXTO 4 mais profundamente do que o TEXTO 3? Os recursos utilizados foram os mesmos? UNIT 3 Prediction – pre reading and guessing. Como já vimos que podemos entender textos até mesmo em outras línguas, vamos partir agora para a prática de estratégia de leitura. Nos concentraremos em estratégias de leitura aplicadas a brochuras e anúncios. A linguagem desses tipos de textos é um pouco diferente da linguagem usada em textos acadêmicos orque geralmente não é formal.

Se você trabalha em uma agência de viagens, poderá se encontrar em situações nas quais precisará extrair informações de anúncios e brochuras, em inglês, de operadoras e de outras empresas, para que possa dar uma melhor consultoria aos seus clientes: e é você, e não seu cliente, quem terá que entender textos escritos em inglês. jobs are done. However, it is not able to think. it accepts data and instructions as input, and after processing them, it outputs the 10 results. A computer is not merely a machine but a system. So in Data Processing Center (D. p. C. we have to consider three parts: the hardware or central processor and peripheral equipment, the software or programs and the liveware or the technical people, includlng the staff. The hardware consists of several units: the central processor, the input/output processors (1/0), data communication processors (DCOM), all of them with one or several units and many combinations. Attached to the 1/0 processors is the peripheral equipment: attached to the DCOM are the teleprocessing lines, adapters, modems and terminal, or another computer alone or etworking with another host system.

The software is the collection of man-written solutions and specific instructions needed to solve problems with a computer, as well as all documents needed to guide the operation of a computer, that is, manuals, programs, flowcharts, etc. The liveware basically consists of systems analysts, the programmers, operators and technlcal managers, including superlisors, networking and data base administrators. EXERCISES 1. Localize no texto estas idéias: a) – Um computador nao 8 4 It is also capable of 4. Releia o texto e então reescreva as afirmações abaixo, orrigindo-as. ) – A computer is a machine with a very simple network of electronic circuits. b)- A computer is a single machine. c) – The hardware or programs are parts of the D. P. C. d) – The software consists of the systems analysis, programmers, operators and many others. 5. Combine as duas colunas (a) The computer has changed the way….. speed. (b) The work of a computer is executed… ( ) at incredible ( ) stores millions of data. may also make a Iot of money from drugs and gambling. They grow larger and become more dangerous every year, and can even be found in small towns.

No one rally knows how this problem can be minimized. But something must be done- Yepthet Copeland, a former member of Los angeles gang, says, “If kids feel that they’re part of society , they won’t join a gang. You have to offer hpe. If there’s no hope, the gangs Will grow”. Exercicio 1. Qual o assunto do texto? 2. Dê exemplos de cinco palavras cognatas. 3. Identifique no texto algumas palavras repetidas. 4. Dê exemplo de 3 sentenças com verbo no presente simples. 5. Complete as sentenças com o verbo THERE TO BE em sua forma correta. a lot of sugar in this juice. many tomatoes in the fridge. any coffee left? 0 DF

Nicolau copérnico e miguel servet

0

Introdução Nesse trabalho apresentaremos a biografia de dois dos maiores cientistas da humanidade: Nicolau Copérnico e Miguel Servet. pertencentes à

Read More

Infernizar a vida do cidadão

0

Infinitos são os modos de se infernizar a vida do cidadão, mas as operadoras de telefonia capricham; eu imagino que

Read More