Produção industrial

Categories: Trabalhos

0

PRODUÇÃO INDUSTRIAL 2 Sumário 1 2 INTRODUÇAO 3 DESENVOLVIMENTO . 42. 1 2. 2 2. 3 2. 4 RATEIO DOS CUSTOS 6 CÁLCULO DO CUSTO UNITÁRIO 8 FORMAÇAO DO PREÇO DE VENDA CONTABEIS DAS VEN PRODUTO 11 2. 5 DIÁRIO E LIVRO RAZÃ IZANDO 28 CONCLUSAO 31 REFERÊNCIAS 32 to view nut*ge VOLUME/LUCRO — — 23 REGIONAL 3 1 INTRODUÇÃO Diante de um mercado competitivo e g CÁLCULO DOS FATOS AO DO LIVRO LISE DE CUSTO/ globalizado as empresas atualmente são obrigadas a se alinharem em um modelo padrão no sistema de gestão para que se tornem competitivas diante das inúmeras tendências mercadológicas que surgem a todo o momento.

Tanto s grandes como também; as médlas e as pequenas empresas possuem um papel importante diante do cenário econômico nacional. Essas últimas principalmente, pois se trata de um número maior de estabelecimentos e a importância para o Brasil está na geração de empregos que venham a atestar diversas estatísticas, levando sua importância social nos patamares mais elevados. Entretanto, também diante de informações obtidas em órgãos oficiais, nos mostram que muitas das pequenas empresas encontram dificuldades para superarem o primeiro ano de existência e levando algumas a deixar de existir logo nos primeiros meses.

O rabalho desenvolvido visa a orientar e demonstrar como que as aplicações de alguns índices contábil-financeiros podem auxiliar o gestor a identificar o problema na fase prematura do problema, auxiliando na tomada de decisões. Em função de tal importância, este trabalho prático avalia a aplicabilidade destas técnicas em uma empresa de pequeno porte com a atividade voltada ao ramo alimentício na fabricação de doces com diferentes matérias primas e materiais diversos utilizados na confecção do produto final. Com o aumento da competição mercadológica e a complexidade do ambiente gerencial a apuração de tais índices torna

PAGF da competição mercadológica e a complexidade do ambiente gerencial a apuração de tais índices torna-se necessária para descobrirmos onde está locado o maior custo no processo de produção. Logo, após a apuração e o rateio dos custos de produção, a formação do preço de venda a qual consideramos como um dos pontos chave para análise da quantidade vendida necessária para cobrir tais custos, identificaremos também o que será necessário, diante do ponto de equilíbrio, o que essa empresa precisa, diante da atividade proposta, sobreviver no mercado atual. 2 DESENVOLVIMENTO Custo de produção do mês de março/ 011 da empresa INDÚSTRIA E COMÉRCIO DE DOCES 55 LTDA Apuração dos custos de Produção mês de Março/2011 Descrição Doce Cremoso de Coco Branco 27. 784,80 22. 368,08 19. 948,64 2. 419,44 Doce cremoso de coco Queimado 14. 741,69 1 1. 563,20 10. 659,97 903,23 Doce Cremoso de Leite Doce cremoso de Abóbora 7. 540,85 7. 220,24 5. 564,61 287,34 1. 368,29 3. 747,22 3. 747,22 2. 327,99 2. 327,99 548,84 68,61 346,50 0,00 0,00 0,00 0,00 1 . 281 707,00 393,75 181,13 1. 669,50 1 . 669,50 5. 996,74 5. 996,74 850,50 850,50 4. 901 4. 901 504,00 504,00 3. 401 3. 401 252,00 252,00 2. 877,04 2. 77,04 12. 813,06 ,00 0,00 0,00 0,00 10. 766,67 3. 000,00 4. 166,67 1. 500,oo 2. 100,00 12. 813,06 0,00 548,84 68,61 346,50 Custo Indireto Total Materiais Matéria Prima Matéria Prima 1 Matéria Prima 2 Matéria Prima 3 Materiais Intermediários Mate Prima 3 Materiais Intermediários Materiais Intermediário 1 Materiais Intermediário 2 Materiais Intermediário 3 Materiais de Consumo Matenais de Consumo 1 Materiais de Consumo 2 Materiais de Consumo 3 Materiais de Embalagem Materiais de Embalagem 1 Mão de Obra Mão de obra direta Mão de obra indireta Outros Custos Aluguel Depreciação Peças para manutenção Energia Elétrica TOTAIS . 15,39 6. 862,55 6. 197,44 665,11 1. 628,38 0,00 59. 611,11 48. 014,07 42. 370,66 4. 275,12 1. 368,29 7. 039,16 6. 075,21 617,45 346,50 1 281 707,00 393,75 181,13 3. 276,00 3. 276,00 29. 990,17 17. 177,11 12. 813,06 10. 766,67 3. 000,00 4. 166,67 1. 500,00 2. 100,00 33. 781,54 19. 643,23 11. 317,18 10417,89 25. 208,11 100. 67,95 5 Quantidades produzidas durante o mês de março/2011: Doce Cremoso de Coco Branco Quantidade de Produção Unidades parcialmente prontas início Unidades iniciadas e não terminadas Unidades iniciadas e terminadas Fase do Processo Produtivo Unidades parcialmente prontas início Unidades niciadas e nao terminadas Unidades iniciadas e terminadas 20,00 8560,00 30% 100% Doce Cremoso de Coco Queimado 10,00 ite Doce Cremoso de 5450,00 100% Doce C mês de março/2011: DESCRIÇÃO Doce Cremoso de Coco Branco Doce Cremoso de Coco Queimado Doce Cremoso de Leite Doce Cremoso de Abóbora Quantidades KG 8500 5400 3500 3800 Alguns parâmetros para o cálculo do preço de venda com base no custo de produção: – Base: Custo do produto pelo custeio por absorção; – IPI sobre o faturamento: 20% – Impostos sobre vendas: o ICMS = 12% o PIS I o COFINS = – outros percentuais para formação do preço de venda: o Despesas ariáveis = 10% o Margem de Lucro = 8% 5 2. 1 RATEIO DOS CUSTOS INDIRETOS: Rateio dos custos indiretos com materiais intermediários e materiais de consumo (consideramos como base o valor da matéria prima de cada produto). Quadro do rateio dos materiais intermediários e materiais de consumo Descrição Matéria Prima Percentagem RATEIO Mat. Intermediário Mat. Consumo 1 Mata Consumo 2 Mat.

Consumo 3 Total Mat consumo R$ 161,42 R$ 329,37 R$ 183,43 R$ 84,38 R$ 597,18 R$ 83,45 R$ 170,27 R$ 94,83 R$ 43,62 R$ 308,71 R$ 49,52 R$ 101,05 R$ 56,28 R$ 25,89 R$ 183,22 R$ 52,11 R$ 106,32 R$ 59,21 R$ 27,24 R$ 192,77 R$ 346,50 R$ 707,00 R$ 393,75 R$ 181 R$ I . 281 Doce Cremoso de Coco Branco R$ 22. 368,08 46,5865110% Doce cremoso de coco Queimado R$ 11. 563,20 Doce Cremoso de Leite R$ 6. 862,55 14,2927896% Doce Cremoso de Abóbora R$ 7. 220,24 Total R$ 48. 014,07 1 Rateio dos custos Indiretos com mão de obra e outros custo PAGF s OF 1 Total R$ 48. 014,07 Rateio dos custos indiretos com mão de obra e outros custos (consideramos o percentual informado para cada produto).

Quadro do rateio da mão de obra indireta e outros custos: Descrição Percentagem RATEIO Mão de obra Aluguel Depreciação Peças manutenção Energia Elétrica Doce Doce Cremoso Doce Cremoso Doce Cremoso Cremoso de de Coco de Leite de Abóbora Coco Branco Queimado R$ 4435,29 R$ 1. 038,46 R$ 1. 442,31 R$ 519,23 R$ 726,92 32,0512821% R$ 4. 106,75 R$ 951 ,54 R$ 1 335,47 R$ 480,77 R$ 673,08 R$ 2. 464,05 R$ 576,92 R$ 801 R$ 288,46 R$ 403,85 14,1 025641% R$ 1. 806,97 R$ 423,08 R$ 587,61 R$ 211,54 R$ 296,15 Total R$ 12. 813,06 R$ 3. 000,00 R$ 4. 166,67 R$ 1. 500,OO R$ 2. 100,00 7 Quadro com os custos indiretos já alocados conforme rateio: Doce Cremoso de Coco Branco Doce Cremoso de Coco Queimado R$ 15. 133,86 R$ 11. 563,20 R$ 10. 659,97 R$ 903,23 Doce Cremoso de Leite Doce Cremoso de Abóbora Descrição

Total prma 3 Materiais Intermediários Matenais Intermediário 1 de Consumo Materiais de Consumo 1 Materiais de Consumo 2 Materiais de Consumo 3 Materiais de Embalagem Materiais de Embalagem 1 Mão de Obra Mão de obra direta Mão de obra indireta Outros Custos Alu cão Peças para ma Mão de obra direta Mão de obra indireta Outros Custos Aluguel Depreciação Peças para manutenção Energia Elétrica TOTAIS R$ 28. 543,40 R$ 22. 368,08 R$ 19. 948,64 R$ 2. 419,44 R$ 8. 148,13 R$ 6. 862,55 R$ 6. 197,44 R$ 665,11 R$ 7. 785,73 R$ 7. 220,24 R$ 5. 564,61 R$ 287,34 R$ 1. 368,29 R$ 59. 611,12 R$ 48. 014,07 R$ 42. 370,66 R$ 4. 275,12 R$ 1. 68,29 R$ 7. 039,16 R$ 6. 075,21 R$ 3. 908,64 R$ 3. 747,22 R$ 2. 411,44 R$ 2. 327,99 R$ 598,36 R$ 120,72 R$ 548,84 R$ 161,42 R$ 597,18 R$ 329,37 R$ 183,43 R$ 84,38 R$ 1. 569,50 R$ 1. 569,50 R$ 10. 432,03 R$ 5. 996,74 R$ 4. 435,29 R$ 3. 726,92 R$ 1. 038,46 R$ 1. 442,31 R$ 519,23 R$ 726,92 R$ 42. 02,35 R$ 83,45 R$ 308,72 R$ 170,27 R$ 94,83 R$ 43,62 R$ 850,50 R$ 850,50 R$ 9. 008,29 R$ 4. 901 R$ 4. 106,75 R$ 3. 450,86 R$ 961 R$ 1. 335,47 R$ 480,77 R$ 673,08 R$ 27. 593,01 R$ 49,52 R$ 183,22 R$ 101,05 R$ 56,28 R$ 25,89 R$ 504,00 R$ 504,00 R$ 5. 865,84 R$ 3. 401,79 R$ 2. 464,05 R$ 2. 070,51 R$ 576,92 R$ 801 ,28 R$ 288,45 R$ 403,85 R$ 16. 84,48 R$ 68,61 R$ 52,11 R$ 192,77 R$ 105,32 R$ 59,21 R$ 27,24 RS 252,00 R$ 252,00 R$ 4. 684,01 R$ 2. 877,04 R$ 1. 806,97 R$ 1. 518,38 R$ 423,08 R$ 587,61 R$ 211,54 R$ 296,15 R$ 13. 988,12 R$ 617,45 R$ 346,50 R$ 1. 281 89 R$ 707,01 R$ 393,75 R$ 181,13 R$ 3. 276,00 R$ 3. 276,00 R 17. 177,11 R$ 12. 813,06 R$ 1. 500,00 R$ 2. 100,00 R$ 100. 367,96 8 2. CÁLCULO DO CUSTO UNITÁRIO Para o cálculo do custo unitário utilizamos a seguinte fórmula: Quadro representativo do cálculo do custo unitário para os produtos: Doce Doce Cremoso de Cremoso de Coco Coco Branco Queimado Quantidade de Produção Unid parcialmente prontas nício Unid iniciadas e não terminadas Unid iniciadas e terminadas Fase do Processo Produtivo Unid parcialmente prontas inicio Unid iniciadas e não terminadas Unid iniciadas e terminadas Quantidade Equlvalente unid parcialmente prontas Início Equivalente de produção Custo Unitário Doce Cremoso de Leite Doce Cremoso de Abóbora 20 8560 10 5450 30 3720 40 3860 30% 100% 100% 6 8560 8566 3 5450 5453 PAGF 8 OF de Coco Branco 4,9850992; Custo unitário do produto Doce Cremoso de Coco Queimado = 5,0501499; Custo unitário do produto Doce Cremoso de Leite 4,31 33506; Custo unitário do produto Doce Cremoso de Abóbora = 3,6125313; IPI sobre Faturamento = 20%; Impostos sobre Vendas: o ICMS = 12% o PIS = 1,65% o COFINS = 7,6% • • Despesas variáveis – Margem de Lucro = Fórmula para Formação do Preço de Venda: Onde: PV = Preço de venda Custo unitário = custo unitário de produção 10 % Imp. = percentual dos impostos incidentes sobre a venda % Desp- = percentual das despesas fixas e variáveis % ML = percentual da margem de lucro estimada Cálculo da percentagem total do imposto: % Imp. = ICMS + PIS + COANS % Imp. – + + % Imp.

Cálculo do PV do doce cremoso de coco branco: Cálculo do PV do doce cremoso de coco queimado: Cálculo do PV do doce cremoso de leite: Cálculo do PV do doce cremoso de abóbora: Tabela de formação do preço de venda Variáveis para formação do preço de venda Custo Unitário Percentual dos Impostos Percentual das Despesas Percentual da Margem de Lucro Preço de Venda Doce Doce Cremoso de Cremoso de Coco Coco Branco ueimado 21 10,00% 8,00% R$ 8,21 21,25% 8, ce Cremoso de Leite 5,0601499 R$ 4,3133506 R$ 3,6126313 21 R$ 7,10 21,25% R$ 5,95 2. 4 CÁLCULO DOS FATOS CONTÁBEIS DAS VENDAS DE CADA PRODUTO a. Produto Doce Cremoso de Coco Branco Quantidade vendida — 8. 00 unidades Preço de venda — R$ 8,21 12 Faturamento Bruto Doce Cremoso Coco Branco Venda de rodutos IPI (20%) TOTAL Cálculo do custo das vendas: Custo unitário x Quantidade vendida R$ 4,9850992 x 8. 500 = R$ 42. 373,33 R$ 69. 785,00 R$ 13. 957,00 R$ 83. 742,00 Cálculo dos impostos e contribuições sobre a venda: venda dos produtos IPI ICMS PIS COFINS 12% R$ 69. 785,00 R$ 13. 957,00 R$ 8. 374,20 R$ 1. 151,45 R$ 5. 303,66 Exemplo de nota fiscal: NOTA FISCAL Data de emissão e entrega: QUANT 8500 UNID DESCRIÇÃO Doce cremoso de coco Branco PREÇO UNIT R$ 8,21 xx/03/201 1 VALOR R$ 69. 785,00 IPI R$ 13. 957,00 Base Cálc. ICMS R$ 69. 785,00 Valor ICMS R$ 8. 374,20 Valor IPI R$ 13. 957,00

Padrao h.323

0

O padrão H. 323 é uma recomendação da União Internacional de Telecomunicações (organismo que define padrões para comunicações multimídia para

Read More

Diagnostico organizacional contex

0

CENTRO UNIVERSITÁRIO DE ENSINO SUPERIOR DO AMAZONAS CURSO DE ADMINISTRAÇAO ADRIANA CASTRO DA SILVA ARIANE VALENTE DE ANDRADE GREICY ANNE

Read More