Projeto de pesquisa

Categories: Trabalhos

0

Ao direcionar seu foco para as questões metodológicas relacionadas ao projeto e desenvolvimento de pesquisas na área de Administração, os autores abordam, de forma direta e com linguagem bastante amigável, os passos, processos e cuidados envolvidos na tarefa árdua de realização de pesquisas científicas. Com o objetivo de orientar o pesquisador em suas atividades, a obra é dividida em quatro partes. Abordando o desenvolvimento de pesquisas nas ciências sociais, os autores tratam, na primeira parte, das questões metodológicas, para, na segunda parte, rientar os leitores acerca da estrutura de projetos e relatórios.

Na terceira parte, apresentam questões relacionadas à escolha e à construção dos instrumentos de coleta de dados e aos métodos indicados para seu tr concluindo, na quart OF4 momento de aprese Sw. p view nent page No capítulo de introd a questão dos objeti resultados, çóes especiais para o e Meirelles discutem quisa científica, destacando as etapas a serem percorridas para a “produção de conhecimento científico, socialmente ético e relevante”, na palavra dos autores.

A apresentação das partes de que a obra se compõe é realizada de forma direta, objetiva e fazendo uso de um estilo de linguagem simples e sem maiores rebuscados, características básicas do estilo de redação dos autores, que são facilmente identificadas ao decorrer da leitura e estudo da obra. Aqui já uma indicação -lal Studia Swipe to page indicação: não basta a mera leitura do livro para que o pesquisador da área de administração possa tirar o máximo proveito do conhecimento compartilhado pelos autores, mas im deverá ser desenvolvido seu estudo consciente, cuidadoso e criterioso.

O segundo capítulo, dedicado às questões relacionadas ao conhecimento científico, lança as bases para o entendimento dos objetos de estudo dos pesquisadores, preparando o leitor para, no capítulo seguinte, tratar-se da classificação das ciências, tratando temas como método, explorando as bases lógicas da investigação e as diversas técnicas de investigação, concluindo o capítulo com a apresentação de algumas taxonomias passíveis de aplicação à pesquisa cientifica.

A primeira parte do livro é concluída com o destaque, no capítulo quatro, para as questões relacionadas à comunicação não somente dos resultados da pesquisa, mas também da intenção do pesquisador ao desenvolvê-la. A segunda parte do livro se inicia no capitulo cinco, no qual são apresentados os tipos de trabalhos de natureza cientifica, sua função, seus objetivos e orientaçóes para os pesquisadores, sem deixar de levar em consideração os aspectos tratados na primeira parte.

Aqui outro ponto a se destacar acerca da estrutura do livro: complementaridade de suas partes, construída sobre a lógica da concepção, construção, desenvolvimento e apresentação dos trabalhos científicos, sejam eles projetos, monografias, dissertações ou teses- No capítulo seis, os autores explanam acerca da estrutura de projetos e relatórios finais, apresentando um modelo integra acerca da estrutura de projetos e relatórios finais, apresentando um modelo integrativo de orientação à elaboração de trabalhos acadêmicos e profissionais – plano de negócio, orientando o leitor acerca dos elementos obrigatórios e opcionais da strutura de cada tipo de trabalho. Também no capítulo seis são caracterizadas e diferenciadas as pesquisas de natureza qualitativas e quantitativas, com destaque para o quadro à página 61, que traça um comparativo entre os tipos de pesquisa, com suas razões e fases, para, a seguir, serem explicitados os métodos mais adequados ao desenvolvimento de pesquisas, levando em consideração sua ênfase (qualitativa ou quantitativa).

Em sequência, no cap[tulo sete, os autores abordam de forma mais objetiva os componentes dos trabalhos apresentados no apitulo seis, indicando sua função, conteúdo adequado e linhas gerais para sua construção, orientando o leitor para a obtenção de um trabalho de qualidade. No capítulo oito, fechando a segunda parte, são desenvolvidas orientações acerca da lógica e fluidez necessárias para a transmissão, sem maiores empecilhos, delongas e outros obstáculos à compreensão dos leitores, dos objetivos, do desenvolvimento do trabalho e dos resultados encontrados com o processo de pesquisa. Na terceira parte, composta pelos capítulos nove, dez, onze e oze, os autores explanam acerca do momento de definição e escolha dos instrumentos de coleta de dados e o subsequente delineamento dos métodos adequados ao tratamento e análise de dados.

No capítulo nove traçam conceituações e diferenciações fundamentais acerca 3 diferenciações fundamentais acerca de construtos e atributos, que lançarão a base para, no capítulo seguinte, lidarem com um dos momentos cruciais do trabalho de pesquisa: as escolhas metodológicas. Assim, os autores montam um leque rico e variado de técnicas à disposição dos pesquisadores, que deverão evá-los em consideração quando do planejamento e execução da pesquisa – capítulo onze, expondo ao leitor a diversidade de opções existentes para a coleta de dados e para a validação dos instrumentos de pesquisa, tarefa levada a cabo no capítulo doze.

Na quarta parte, após tratarem do processo de concepção, definição, realização e consecução da pesquisa, Gonçalves e Meirelles vão além do comumente encontrado em publicações relacionados ao tema da pesquisa científica, ao apresentarem, nos capítulos treze, quatorze e quinze, recomendações especiais ara o momento de apresentação dos resultados, retratando de forma consciente, clara e realista, sem descuidar da formalidade de que é investido o momento. Finalmente, o livro é recomendado para pesquisadores das áreas da administração, constituindo num referencial para a realização de um trabalho seguro e de qualidade, permitindo que orientador e orientado evitem transtornos, minimizando influências indesejáveis, durante o processo de pesquisa e que, ao final todos (comunidade acadêmica e o próprio pesquisador) saiam realizados e possam desfrutar dos resultados obtidos. 4DF4

A publicidade das bebidas alcoólicas respeita as diretrizes do código de defesa do consumidor

0

Toda a pesquisa fora feita sobre o código de Defesa do Consumidor, utilizando os conceitos básicos do artigo 60 Para

Read More

Residuos agrotoxicos –

0

Classificação das Articulações As articulações classificam-se estruturalmente como fibrosas, cartilagíneas e sinoviais. Neste esquema as articulações classificam-se de acordo com

Read More