Resumo descritivo

Categories: Trabalhos

0

Universidade do Estado do Rio de Janeiro. Faculdade de Educação da Baixada Fluminense. Centro de Educação e Humanidades. Curso de Pedagogia (Gestão) Resumo Descritivo seguido de Análise Crítica. • “A formação de professores e o aluno das Camadas Texto. Populares: Subsídios para debate. ” Trabalho apresentad Educacionais l, Minist Mello. Aluna: Milena R] – Julh0/2007.

OF4 Sistemas armem Dias de MOREIRA, Antônio Flávio Barbosa. “A formação de professores e o aluno das camadas populares: subsídios para debate. ” – Resumo Descritivo: -lal Studia unções. Esta reformulação do Currículo se faz necessária, pois este não favorece o interesse da comunidade escolar, visto que esta não trabalha o universo cultural do aluno, não respeitando as origens do mesmo, e o conhecimento que traz consigo.

Os professores, principalmente os de ID e 20 graus do ensino, atualmente intitulados de Ensino Fundamental e Ensino Médio, ainda não estão preparados para levar em consideração a cultura de seus alunos e em muitos casos, os tratam de uma forma preconceituosa e descrente. Por isso defende-se a teoria de ue o currículo deve desenvolver no educador a compreensão e a aceitação das diversidades culturais, pois os currículos atuais deixam a cultura popular um pouco de lado, nao dando a Importância devida ao aluno e sua experiência. ? importante que o aluno se veja na escola, se sinta parte da mesma, e para que isso aconteça, é de suma importância que sua cultura e seus conhecimentos sejam inseridos no contexto escolar, para que ele se identifique com a escola, o que não significa dar uma importância exacerbada a esta cultura, trata-se apenas de ostrar para o aluno que sua cultura é igualmente importante, se comparada a outras culturas, mostrar que todos merecem respeito, independente de credo, etnia, classe social, boas maneiras, forma de falar e se portar, todos tem direito a uma educação de qualidade que vise à integração social, elevando consequentemente a auto-estima do aluno. Vale ressaltar a Importância de uma integração das universidades com os demais sistemas de ensino, uma transformação que tenha o intuito de un universidades com os demais sistemas de ensino, uma ransformação que tenha o intuito de unificar o pensar e o fazer, tornando as pesquisas no campo da educação realmente eficazes, menos artificiais e mais condizentes com a realidade escolar, entendendo o professor como alguém capaz de participar das decisões do Currículo, como um ser pensante, crítico e inovador, não apenas como um agente reprodutor de desigualdades, reafirmando a hegemonia das classes dominantes. Questão levantada sobre o texto: Até que ponto a inserção da cultura do educando, no contexto escolar contribuir para uma diminuição nos índices de evasão scolar? Aluna: Milena Soares – Análise Crítica: Como o próprio autor declara em seu texto, um dos maiores problemas que prejudicam e atrapalham a inserção da cultura e origem do aluno na escola é o preconceito por parte dos professores, ocasionado por uma má formação e também por falta de um sistema de formação de professores, que tenha a missão de manter os mesmos informados, atualizados, com relação a assuntos relacionados à realidade vivida pelo educando. Como já sabemos isso causa, entre outros problemas um grande índice de evasão escolar, visto que ao invés destes

Sistemas de Educação, procurarem uma forma séria e eficaz para solucionar problemas existentes, lançam mão de propostas absurdas como, por exemplo, a aprovação automática, que tem seu foco não em uma qualidade de ensino, mas sim em uma maior quantidade de alun 3 que tem seu foco não em uma qualidade de ensino, mas sim em uma maior quantidade de alunos nas escolas, pois a maior preocupação é cumprir metas impostas pelos órgãos responsáveis pela educação no Brasil, e não fazer com que o educando se sinta à vontade na escola, sentindo-se parte integrante do processo educacional. Nesta proposta de reflexão, apresentada por Moreira, constata-se que o curr[culo não favorece o educando e sua realidade, visto que o mesmo trata de assuntos, que na maioria dos casos o aluno não domina ou sequer ouviu falar, o que dificulta a comunicação que deveria haver entre educando e educador, e conseqüentemente elevando os índices de evasão escolar.

Como vemos, é de fundamental importância que os responsáveis pela elaboração dos currículos dos ensinos Fundamental e Médio passem a se preocupar de forma realmente séria com os alunos, que são elemento o mais mportante na engrenagem da educação de um país e pararem de vez de encarar a escola como uma mera ferramenta de reprodução do sistema vigente, que só serve para aumentar as desigualdades que já são alarmantes em nosso país; educação deve ser tratada com seriedade, pois esta quando bem aplicada, pode mudar realidade que até então eram consideradas imutáveis. Educação deve ser elemento principal para a mudança do quadro social atual, deve ser usada como um fator unificador e esclarecedor, e não como um fator de reprodução da desigualdade social de nosso país. 4DF4

Gramáticas normativas e variações linguísticas: uma convivência pacífica?

0

GRAMÁTICAS NORMATIVAS E VARIAÇÕES LINGUÍSTICAS: UMA CONVIVÊNCIA PACÍFICA? Toda criança aprende naturalmente a língua de sua comunidade linguística, assim, quando

Read More

Siderurgicas

0

WWW . justicaambientabiental. org. br GLOBALIZAÇÃO E SIDERURGIA a inserção do Brasil e seus impactos para a sociedade e o

Read More