A noção de liberdade no emilio de rousseau

Categories: Trabalhos

0

A Noção de Liberdade no Emílio de Rousseau Para Rousseau a educação adequada é a que respeita a liberdade física da criança, e essa criança só se torna livre quando é capaz de realizar a sua vontade. Quando se tem uma educação insuficiente que não sabe diferenciar a necessidade natural da necessidade de fantasias isso leva a criança a querer tudo de uma só vez, sem reservas, ou seja, ela não sabe identificar o que realmente ela precisa e isso traz consequências bastante preocupantes, por isso a necessidade de se educar a criança para que ela saiba por si só quando é que sua necessidade tem real SWP to p age importância.

Há uma luta consta o que quer e o que não é exercida pode obstáculos. O indivíd ora e vontade de se fazer Ido se essa liberdade o encontra gundo Rousseau é feliz quando basta a si mesmo. Devido a uma sociedade corrompida que faz com que a autossuficiência do homem em estado de natureza seja destruída, e os seus desejos se tornem ilimitados o homem para inibir as suas vontades, busca saída limitando-se a fazer somente o que os outros acreditam que seja o correto, o que leva o individuo a uma servidão submetendo-se à vontade dos outros.

Para que a educ educação seja realmente eficaz ela deve ser para e pela liberdade, homem tem dois tipos de dependências, uma pelas coisas que são da natureza e a outra a dos homens, que é a sociedade. A dependência das colsas não prejudica a liberdade do ser humano, pois não gera vícios, já a dependência dos homens essa sim gera vícios fazendo com que se corrompa.

O bom educador nao é aquele que torna a vida das crianças mais fácil, nem tampouco a dificulta, mas sim aquele que leva em consideração as verdadeiras necessidades para poder ensinar corretamente levando-se em consideração o ritmo de desenvolvimento de cada um. Para que se tenha liberdade é mprescindível que o ser humano não dependa de situações adversas para consegui-la como exemplo: sltuações históncas, meio social ou particular em que vive.

A criança deve compreender que não será aos gritos ou chorando que conseguirá o que quer o adulto não deve satisfazer suas necessidades artificiais nestas condições, isso ira fazer com que a criança se torne paciente, calma e mais tranquila, mesmo não conseguindo o que quer, pois faz parte da natureza humana ter paciência para suprir a necessidade de algo. Referências: A noção de liberdade no Emílio de Rousseau de Luiz Felipe Netto de Andrade e Silva Sahd.

Estudo

0

União Dinâmica de Faculdades Cataratas Avaliação da ferramenta JIJnit para teste de software unitário em ambientes de desenvolvimento ágil com

Read More

Caso cbc

0

Neste trabalho será feita uma análise do sistema de planejamento da Companhia Brasileira de Confecções (CBC), mpresa cujo negócio é

Read More