Dança e musica indigena

Categories: Trabalhos

0

A música e a dança A música e a dança estão freqüentemente associadas aos índios e a sua cultura, variando de tribo para tribo. Em muitas sociedades indígenas a importância que a musica tem na representação de ritos e mitos é multo grande. Cada tribo tem seus próprio instrumentos, havendo também os instrumentos que são utilizados em diferentes tribos no entanto de diferentes formas como é o caso do maracá ou chocalho, onde em determinadas sociedades indígenas como a dos Uaupés o uso do mesmo acontece em cerimonias religiosas, já outras tribos como a dos

Timbiras é utilizado para marcar ritmo junto a um cântico por exemplo. A dança ju não dançarem em pa acontece no alto Xin indivíduo ou por gru A música indígena br ar 3 A to view next*ge re da nossa por s exceçoes como Ilzada por um único universo cultural dos vários povos que habitaram e habitam o Sendo uma das atividades culturais mais importantes na socialização das a música dos índios brasileiros é polimorfa e de enorme variedade, tornando impossível um detalhamento extenso no escopo de um único artigo.

A seguir se escrevem algumas características genéricas, lembrando que os casos indlviduais podem apresentar mesmo discrepâncias s to page significativas em relação a este resumo. [->4]Uma das bases do sistema social indígena são os grandes rituais como o o Yawan, o lamurikumã e os rituais de Estes cerimoniais, dos quais muitos são intertribais, funcionam como uma língua franca de comunicação não-verbal entre etnias diversas. Segundo Franchetto e Basso, “as festas costuram a sociedade alto-xinguana, um circuito cerimonial que eicula alianças e metaboliza conflitos, absorvendo ritualmente a alteridade….

Esta visão do ritual intertribal como linguagem franca coloca a música no cerne do sistema xinguano, considerando-se que estes rituais são, por excelência, rituais musicais”. Há rigorosas prescrições para uso de determinadas melodias e para quem será o intérprete, e para quando serão executadas. Há músicas e instrumentos exclusivos dos homens, outros só de mulheres, ou melodias cantadas apenas em um certo rito ou com uma função específica.

Em diversas etnias existe um ciclo de ituais de grande importância relacionados às flautas sagradas, sendo realizados apenas por homens e com um instrumental cuja visão é vedada às mulheres. A interpretação musical pode ser cercada de rituais menores, propiciatórios ou facilltadores, como a pntura de uma linha sobre o ouvido e lábio para facilitar o aprendizado de canções, colocar um ramo de enodoréu à orelha para não esquecer a melodia, e uma série d PAGFarl(F3 aprendizado de canções, colocar um ramo de enodoréu à orelha para não esquecer a melodia, e uma série de outras praxes.

Sobre os rituais onde a música e a dança são usadas: Cada nação indigena possuía crenças e rituais rellgiosos diferenciados. porém, todas as tribos acreditavam nas forças da natureza e nos espíritos dos antepassados. para estes deuses e espíritos, faziam rituais, cerimônias e festas. O pajé era o responsável por transmitir estes conhecimentos aos habitantes da tribo. Algumas tribos chegavam a enterrar o corpo dos índios em grandes vasos de cerâmica, onde além do cadáver ficavam os objetos pessoais.

Isto mostra ue estas tribos acreditavam numa vida após a morte. A importância:o cantar e o dançar em vários momentos são, além, de uma caminho para sobrevivência, um verdadeiro reencontro com os pais ancestrais. O mito de criação do mundo Guarani coloca a responsabilidade dos xamas em conduzir o grupo, de promover a manutenção dos cantos, das danças e da sonoridade dos instrumentos musicais é grande, sem os quais a Terra será destruída. /wiki/Povos_ind%C3%ADgenas – /wiki/Brasil – /Wlki/Tnbo – /wiki/Ficheiro:Dan%C3%A7a_tupinikin_2008. jpg – /wiki/Quarup AIGF3rl(F3

Resumo da pág 97 a 198 do livro: teologia sistemática wayne gruden.

0

RESUMO Grudem, Wayne. Teologia Sistemática. Vida Nova: São Paulo, 1994. p. xv – 545. Grudem, através deste livro consegue de

Read More

Amperes – fisica 3

0

FLAVIO SAN OS Física 3 – Lei dos Amperes Rio de Janeiro Novembro 2011 Sumário: 1 – História 2- Lei

Read More