Émile durkheim – biografia, contribuição para educação e principais aspectos de teoria sociológica

Categories: Trabalhos

0

BIOGRAFIA Nome: David Émile Durkheim Nascimento: IS de abril de 1858 Épinal-França Morte: 15 de novembro de 1917 (59 anos). Encontra-se sepultado to next*ge no cemitério do Mon ora Influências: Comte, S nce•. : Hobbes, Darwin, Sain cesa. usseau, Maquiavel, Nascimento: 15 de abril de 1858 Épinal-França Morte: 15 de novembro de 1917 (59 anos). Encontra-se sepu tado no cemitério do Montparnasse na cap’tal francesa. Influências: Comte, Spencer, Montesquieu, Rousseau, Maquiavel, Hobbes, Darwin, Sainnt-Simon, gonald.

Um dos fundadores da sociologia, ramo das ciências humanas ue estuda a organização e os fenômenos sociais. Nasce em Da Divisão do Trabalho Social e As Regras do Método Sociológico. Estabelece com eles, entre outras idéias, o conceito de consciência coletiva como um sistema de crenças e sentimentos comuns, que explicam as relações entre os membros de uma sociedade. Em 1 897 publica Suicídio: Um Estudo de Sociologia, no qual examina os problemas de personalidade e afirma que as causas do suic[dio são sociais e não individuais.

Analisando a sociedade da época, a seu ver conturbado pela desordem, propõe a nstituição de normas que possam ser observadas por todos. Em 1902 começa a dar aula na Universidade de Paris, onde permanece até a morte. CONTRIBUIÇAO PARA EDUCAÇAO Os anos que Durkheim dedicou à sociologia e pedagogia são considerados os melhores da sua vida. Ele dava uma hora de aula de pedagogia por dia na faculdade de Letras, de Bordéus (1887 – 1902). Disse ele: “Será sobre tudo dentro da sociologia que vos falarei da educação.

Aliás, assim procedendo, não haverá perigo em mostrar a realidade educativa, por aspecto que a deforme; stou convencido, ao contrário, de que não há melhor processo para salientar a verdadeira natureza da educação. Ela é fenômeno eminentemente social. ” Para Durkheim, o objeto da sociologia é o fato social, e a educação é considerada como o fato social, isto é, se impõe, coercitivamente, como uma norma jurídica ou como uma lei.

Desta maneira a ação educativa permitirá uma maior integ íduo e também permitirá maior integração do indivíduo e também permitirá uma forte identificação com o sistema social. Suas idéias ajudaram a compreender o significado social do rabalho do professor, tirando a educação escolar da perspectiva individualista, sempre limitada pelo psicologismo idealista influenciado pelas escolas filosóficas alemãs de Kant (1724-1804) e Hegel (1770-1831 Segundo Durkheim, o papel da ação educativa é formar um cidadão que tomará parte do espaço público, não somente o desenvolvimento individual do aluno.

Todo o ensino de Durkheim satisfazia a uma necessidade profunda de seu espí ito, e que era a da própria orientação pelas construções arbitrárias, pelos programas de ação que tao omente traduzissem as tendências de seu autor. Há necessidade de refletir sobre um dado, sobre uma realidade de observação, sobre o que ele chamava uma coisa. Considerar os fatos sociais como coisas, tal é a primeira regra de seu método.

Segundo ele se a educação for desligada das causas históricas, ela se tornará apenas exercício da vontade e do desenvolvimento indlvidual, o que para ele era incompreensível: “Como é que o indivíduo pode pretender reconstruir, por meio do único esforço da sua reflexão privada, o que não é obra do pensamento individual? E ele mesmo respondeu: “O indivíduo só poderá agir na medida em que aprender a conhecer o contexto em que está inserido, a saber, quais são suas origens e as condiçdes de que depende.

E não poderá sabê-lo sem ir à escola, começando por observar a matéria bruta que está Iá representada”. para Durkheim, a principal função do professor é formar cidadãos capazes de contribuir para a harmonia social. Ele acreditava que a sociedade seria mais beneficiada pelo processo educativo; Ele dizia que, “a construção do ser social, feita em boa parte pela ducação, é a assimilação pelo individuo de uma serie de normas e princípios. ” A educ PAGF3ÜFd boa parte pela educação, é a assimilação pelo individuo de uma sene de normas e princípios. A educação tem por objetivo suscitar e desenvolver na criança estados físicos e morais. Sugeria que a ação educativa funcionasse de forma normativa. A criança estaria pronta para assimilar conhecimentos e o professor bem preparado, dominando as circunstâncias. “A criança deve exercitar-se a reconhecer a autoridade na palavra do educador a submeter-se ao seu ascendente; é por meio dessa condição que saberá, mais tarde, encontrá-la na sua consciência e af se conformar a ela”.

Para ele, a autonomia da vontade só existe como obediência consentida. Durkheim dizia que a criança, ao nascer, trazia consigo só a sua natureza de indivíduo. “A sociedade encontra-se, a cada nova geração, na presença de uma tábua rasa sobre a qual é necessário construir novamente”, escreveu. Os professores, como parte responsável pelo desenvolvimento dos indivíduos, têm um papel determinante e delicado. Devem transmitir s conhecimentos adquiridos, com cuidado para não tirar a autonomia de pensamento dos jovens.

PRINCIPAIS ASPECTOS DE TEORIA SOCIOLOGICA • Existem fenômenos sociais que devem ser analisados e demonstrados com técnicas especificamente sociais; • A sociedade era algo que estava fora e dentro do homem ao mesmo tempo, graças ao que se adotava de valores e princípios morais; • As pessoas se educam influenciadas pelos valores da sociedade onde vivem; • A sociedade está estruturada em pilares, que se manifestam através de expressões (conceito de estrutura);

Resumo: a tendencia anti-social (winnicot)

0

Neste capítulo de sua obra, D. Winnicott apresenta seu tema de estudo, a tendência anti-social, diferenciando-a da defesa anti- social

Read More

Planejamento estratégico

0

Além disso, a estratégia engloba também subjetividade, elucidada mais detalhadamente na Escola Cognitiva. A estratégia é definida por pessoas, e

Read More