Políticas de assistência social e praticas assistêncialistas

Categories: Trabalhos

0

[pic] SISTEMA DE ENSINO PRESENCIAL CONECTADO ESTÁGIO CURRÍCULAR I ANDREA FERREIRA DA SILVA HENTZY ar 3 to view nut*ge Pol[tica de Assistência Social e praticas assistencialistas socio-territoriais, visando seu enfretamento, a garantia dos minimos sociais, o provimento de condições para atender contingências sociais e a universalização dos direitos sociais sob essa perspectiva, objetiva: • Prover serviços, programas, projetos e benefícios de proteção social básica e, ou, espacial para famílias, indivíduos e grupos que deles necessitarem; ?? Contribuir com a inclusão e a equidade dos usuários e grupos específicos, ampliando o acesso aos bens e serviços socioassistenciais básicos e especiais, em área urbana e rural; • Assegurar que as ações no âmbito da asistência social tenham centralidade na familia, e que garantam a convivência famíliar e comunitária.

Praticas do Assistencialismo A Política assistêncialista utiliza-se de recursos pautados em aproveitar das condições financeiras desfavoraveis de alguns cidadãos, cientes da condiçóes precárias e da má ualidade de vida destes cidadãos os políticos adotam medidas palitivas no intuito de suprir as necessidades apresentadas pelos individuos, suprindo provisoriamente estas necessidades, conquistam assim a confiança e a boa vontade, de pessoas que criam uma ilusão de solução para seus problemas, tornando-se gratos a quem lhe proporcionou esta melhora. Antes da decada de 30 a pratica assistencilista no Brasil era desenvolvida pelo setor rivado, predominantemente pelas obras filantropicas d inham como eixo a da questão social, que passou a ser considerada política, o que uer dizer destinada a ser enfrentada e, se possivel resolvida pelo Estado. Ainda no governo de Getulio Vargas em 1942, através de Decreto de lei, da-se origem à Legião Brasileira de Assistência – LBA, que era liderada por Dona Darcy Vargas Mulher do presidente Vargas,visava apoiar as famílias dos soldados brasileiros que lutavam na Italia.

Em 1946, decidiu-se pela continuidade da LBA, agora desenvolvendo um trabalho na área da infância e da maternidade ainda sob os cuidados da primeira Dama. O trabalho de assistência social, caracteristico desse eríodo, acentuou o caráter assistencialista, mediante distribuição de ajudas, predominantemente matenais, ofertados pelas organizações dirigidas pelas primeiras- damas às classes pobres. Ao analisar o desenvolvimeto do serviço social e sua evolução, percebemos que passamos da caridade e da assistência intuitiva para instrumentos de democracia que garantam os direitos dos cidadãos. Mas ainda nos dias atuais, podemos observar praticas assistencialistas principalmente por parte de candidatos politicos. Referências PAGF3ÜF3

Processo de aplicação de medidas socioeducativas a menores infratores

0

TAYNARA MARDEGAN 9 p O PROCESSO DE APLI MENORES INFRATOR IOEDUCATIVA À rabalho apresentado para a obtenção de crédito na

Read More

Itil

0

Curso elearning completo Melhoria de Serv iço Continuada Aula de revisão para o exame Desenho de Serviço Estratégia de Serviço

Read More