Analise swot

Categories: Trabalhos

0

Os ambientes que circundam a empresa devem sempre ser estudados por seus gestores, principalmente quem está começando a empreender. Isto é necessário porque, geralmente, tudo é novo para o empreendedor. E ter uma forma de analisar o ambiente em que está inserindo o seu negocio é uma arma fundamental para ampliar o ciclo de vida da empresa. Uma das ferramentas que possibilita esta analise é a matriz SWOT (anagrama para os termos Strenghts, Weaknesses, Opportunities e Threats. Em português: Forças, Fraquezas, Oportunidades e Ameaças).

Desenvolvida na escola de egócios de Harvard na década de 70, passou desde então a ser obrigatória dentro das cadeiras de ensino de planejamento estratégico das escol A Matriz SWOT funci cr 4 todas as forças e fraq Swipe to page um atendimento de m al”‘ uma vez que além de te um inventário de Ização. por exemplo, sua empresa, ela possibilita sua influência direta, seja em treinamento ou metodologias. Posteriormente é feita uma averiguação das ameaças e oportunidades que circundam sua empresa, no mercado e no ambiente global.

O principal objetivo da matriz SWOT é permitir um olhar objetivo as forças que compõem o seu negócio, isto possibili Snipe tu page possibilita que você possa desenvolver e firmar bem sua estratégia empresarial. Agora vamos analisar cada uma das partes da Matriz SWOT: Forças A força descreve quais as competências mais fortes da sua empresa, aquelas que estão sobre sua influência. uma forma de encontrá-las é utilizando as seguintes perguntas: • O que você faz bem? • O que sua empresa tem de melhor está sob seu comando? ?? Quais são os recursos que você tem? • O que possui melhor que seus concorrentes? • O que faz os clientes voltarem à sua empresa? Com estas respostas você consegue desenvolver esta parte da análise, sempre lembrando que quanto maior a vantagem competitiva que uma força lhe traz, mais importante ela é dentro da análise. Fraquezas As fraquezas são as competências que estão sobre sua influência mas que, de alguma forma, atrapalham elou não geram vantagem competitiva.

Você pode encontrá-las fazendo as seguintes perguntas: • Meus funcionários são capacitados para suas funções? • Onde eu deveria melhorar minha empresa? • por que meus clientes escolhem os concorrentes? • Quais são as deficiências dos meus colaboradores? ?? Por que os clientes não voltam depois de uma compra? As fraquezas devem ser bem estudadas e mensuradas, pois muitas vezes é possível revertê-las em forças. Uma pequena parte das causas costuma causar a maior parte dos problemas em forças.

Uma pequena parte das causas costuma causar a maior parte dos problemas. Oportunidades As oportunidades são as forças externas à empresa que influenciam positivamente sua organização, mas que não temos controle sobre elas. As oportunidades muitas vezes podem vir através de algum aspecto econômico novo, como o advento da lasse média, o aumento do número de filhos dos consumidores, a melhoria da renda e do crédito, entre outros.

Outro fator que pode influenciar o fomento de oportunidades são as ações politicas do governo, como a escolha de investir em infra- estrutura. Ameaças As ameaças são as forças externas que não sofrem sua influência e que pesam negativamente para sua empresa. Elas podem ser consideradas como um desafio imposto à empresa e que pode deteriorar sua capacidade de gerar riqueza. Devem ser constantemente monitorada pelos gestores, pois, muitas vezes, odem apresentar um risco muito maior que a capacidade de retorno.

Por exemplo, para uma empresa importadora, uma forte desvalorização da moeda pode causar um aumento multo forte no custo de aquisição, em um cenário onde não é possível repassar este valor ao mercado, deteriorando assim as margens da empresa. Por isso, é importante que a empresa crie políticas que possam combater as ameaças. Como no exemplo anterior, onde ela poderia ter feito uma proteção cambial (Hedge combater as ameaças. Como no exemplo anterior, onde ela poderia ter feito uma proteção cambial (Hedge) para manter suas argens em segurança.

Como montar a análise SWOT Hoje vou apresentar um modelo diferente do tradicional. Ele é desenvolvido da seguinte forma: 1. Liste na coluna 1 cada um dos fatores estratégicos desenvolvidos em suas tabelas-resumo dos fatores internos e externos; 2. Defina na coluna 2 0 peso de cada fator 1 (mais importante) a (não importante), baseando-se no provável impacto dessa característica sobre a posição estratégica da empresa. Os pesos totals devem somar 1 ,00; 3. Classifique cada fator, de 5 (excelente) a 1 (fraco), na coluna 3, baseando-se na resposta da empresa a esse fator; .

Multiplique o peso de cada fator por sua respectiva classificação para obter a pontuação ponderada de cada fator e colocar o resultado na coluna 4; 5. Na coluna 5 (comentários) expor as razões do uso de cada fator; 6. Acrescente a pontuação ponderada para obter a pontuação total da empresa na coluna 4, isso mostrará como a empresa está lidando com os fatores estratégicos. Podemos ter um exemplo desta metodologia abaixo: Imagine uma pequena empresa de logística que atua em uma pequena cidade, abaixo está seu quadro de Forças e Fraquezas:

As garantias dão mais segurança e reduzem os riscos nas vendas a crédito ou nas operações

0

MATEMATICA FINANCEIRA Gl Discursiva – Parte 1 Nome Completo: Data de Nascimento: c ris;”‘- Obs. : a) Dentro do correspondem

Read More

A necessidade de gestores no século xxi: liderança empresarial x gerenciamento eficaz

0

RESENHA CRÍTICA A NECESSIDADE DE GESTORES NO SECULO XX: LIDERANÇA EMPRESARIAL X GERENCIAMENTO EFICAZ Segundo o autor CALVOSA e et

Read More