Pi – cbc

Categories: Trabalhos

0

Marcel, imigrante francês recém chegado do país, que trazia vasta experiência da indústria parisiense de confecções. A (CBC) tem como negócio a produção de confecções de roupas visando a moda atual.

Desde sua criação teve como meta destacar-se no ramo têxtil através de produtos atualizados e de qualidade. Em poucos anos a empresa se tornou umas das maiores indústrias de confecções do p Swipe to view next page país, empregando quase 500 pessoas, e distribuindo seus produtos por todo território nacional. Em 1978 se tornou sociedade anônima, com denominação social de CBC – Companhia Brasileira de Confecções.

Preocupando-se apenas com vendas e lucros e como as vendas iam de vento em polpa, seus criadores não se preocuparam como futuras sucessões, quer no nível de presidência, quer nos demais níveis diretivos, fazendo com que a mesma tivesse uma grande deficiência. A empresa dependia incondicionalmente de seus dirigentes exatamente onde estavam, e, a falta de um deles no ano de 1980 juntamente com as equivocadas mudanças nos setores stratégicos da Empresa e aliado a alteração da estrutura da demanda no país em 1982, trouxeram o declínio da mesma. 2.

Quando na administração de Claudio seguia de vento em polpa e prosperava, sendo que não tinha uma visão clara de seu objetivo, tudo que acontecia na Empresa CBC de positivo era mais qualidade e qualificação individual de Claudio e Marcel do que pelos planejamentos adotados por eles. Os objetivos de Cláudio eram de expansão a qualquer preço, cabia a ele e, somente ele, gerir sobre qualquer assunto administrativo, trazendo responsabilidade somente ara ele não trazendo o restante dos diretores a debater com ele o futuro da CBC.

Os objetivos e metas eram íntimos de Cláudio, ninguém portanto podia saber o que fazer exatamente no caso de uma sucessão, devido cada um ficar focado em sua função. Outro fator importante era o de que Marcel e Claudio tomavam decisões individualmente cada qual em seu setor. Era o caso de Marcel que se quisesse adaptar máquinas ou faze individualmente cada qual em seu setor. Era o caso de Marcel que se quisesse adaptar máquinas ou fazer qualquer utra alteração no processo produtivo, fazia por si sem consulta outros setores.

Foi quando Claudio adoeceu e um verdadeiro caos estabeleceu na empresa, as funções foram invertidas e pela falta de experiência nem sequer um planejamento claro a seguir existia, tudo começou a desmoronar. Se hora Cláudio tinha seus planejamentos íntimos, nem mesmo isso tinha Marcel, ele sequer conhecia como funcionava a parte administrativa da CBC. Não houve por parte dele um planejamento, e seus diretores que não haviam participado até gora de nenhuma decisão importante nos rumos da Empresa sentiam-se incapazes de realizar qualquer grande decisão.

Com evidentes prejuízos para o fluxo administrativo da empresa, emperrada por decisões demoradas e inadequadas, conflitos internos oriundos da indefinição dos graus de responsabilidade e autoridade, ambigüidade nas linhas de comando, duplicidades de esforços e controles, falta de comunicação, descontinuidade no processo de delegação de autoridade e uma enorme confusão de objetivos, prova disso o excesso de estoque e matéria prima, erando prejuízos e o não cumprimento com seus fornecedores. Na Empresa CBC não existe um canal de coleta de informações nos níveis intermediário e operacional, todas as decisões são tratadas no nível institucional e decididas por fim pelo presidente da Empresa, cabendo aos demais diretores e níveis empresarias apenas cumprir rigorosamente as ordens descriminadas por Claudio. O presidente não encorajava seus dirigentes a cultivar a arte de an descriminadas por Claudio.

O presidente não encorajava seus dirigentes a cultivar a arte de analisar alternativas e omar decisões, cabia a ele mesmo a tomada de decisões e aos demais cumprir fielmente. Os erros de seus colaboradores eram tratados de forma corriqueira, pois, como pode haver tamanha separação entre os níveis empresariais? Se o nível intermediário não era encorajado a tomar decisões como podiam mediar situações de conflito? As decisões, repito, eram tomadas pelo Diretor que com certeza não era onipresente. Não havia um canal formal para encorajar novos empreendedores e as idéias se perdiam nos canais de comunicação.

Não eram elegadas funções importantes e que exigissem grandes decisões sendo que da mesma forma ninguém podia se sentir peça chave da CBC, não existiam políticas motivacionais, a única coisa que se gratificava entre os funcionários era a fidelidade as ordens emanadas. As decisões de nível gerencial era estabelecida apenas pelo presidente da empresa, tornando-se uma peça única e insubstituível e Marcel se responsabilizava pelo nível operacional devido seu conhecimento e tino, também dessa forma isolando-se em suas funções, atraindo responsabilidade individual.

Evolução do pensamento econômico

0

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DOS VALES DO JEQUITINHONHA E MUCURI EaD – BACHAREL EM ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA Disciplina: Introdução à

Read More

Logistica

0

UNIVERSIDADE FEDERAL DE FORA CURSO DE GRADUAÇÃO EM ENGENHARIA DE PRODUÇAO de to view LOGISTICA REVERSA OPORTUNIDADES – JUIZ DE

Read More