Politicas sociais

Categories: Trabalhos

0

Peça: ” Retrato de Uma Juventude” Autor: Jaime Júnior Escrita em 1994 Personagens: PATROLAO ESTUDANTES Nicka (Lana) Patrolão(Arthur) Bony (Mariana) (Pedro Ric) Lídia (Anna) Lívia (Taís) cara (Tainá) Tati (Vanessa) (Talita) Suzi (K (Miguel) Lenice (Pedro) Tony ( ooao Vitor) Joe (Vinícius) (Ester) to view next*ge rina) Jeca (Julius) TURMA DO Bebu Lucinha Conha Maldo Canibal Maroca Margô Vitim (Wanderson) Cena 1 Nicka – Me deixem em paz! Bony – Não, não e não! Lídia — Nicka, você só pensa em estudar! Suzi – Já fazem 6 meses que você não sai mais com a gente! Lenice – E você anda muito nervosa!

Bony – Acho que está faltando amor na sua vida. Suzi – Pensando nisso, nós resolvemos te dar uma forcinha. Nem pensar, ele tem uma cicatriz horrorosa. Lenice – Ah que é isso? Só porque ele tem uma pequena cicatriz de 18cm no bumbum! Lídia — Deixa pra lá! próximo nome. Coro – Rogério Jamanta. Nicka – Nem pensar, ele pesa 138 Kg, e só numa perna! Coro – Thiago Cocó! Tony – Cocó? Por que Cocó? Joe – Porque ele já teve 3428 namoradas. Bony— E só nesse mês! Coro – Maurício da 8 série. Nicka – Nem pensar, ele tem tanto bigode que quando ele acorda ele raspa, o prazo de chegar aqui já cresceu 2 cm de pêlo.

Bony – Eu desisto! Lídia — Eu também! Tony – Ah nemmmmm….. eu também desisto! Suzi – Deixa essa burra morrer solteira! Coro – Nicka, nicka! Quando você morrer você me dá seu CD da Xuxa? Todos – Coro! Coro – Foi mau gente! (Aparece a turma do patrolão) Coró- xii… pintou sujeira, lá vem o Patrolão e sua turma! Eu vou me mandar! Joe – Nada disso, seja homem e fique! Coró – quem foi que disse que eu sou homem? Joe – Você fica. Turma, nunca dê um tapa nas costas do Patrolao! Ele já matou 3 e espancou 8 por causa disso. Patrolão – Olha, olha olha…. olha o que nós temos aqui pessoal?

Maraca — Será um pássaro? Turma – Nãàão! Bebu – Será um avião? Turma – NÉãão! Conha – Então o que será? Turma – A turma dos maricas!!!!!! Patrolão – (pegando o Cor PAGF 18 anheci com um grande te pago um! (Dá um tapa nas costas do Patrolão) Patrolão – Eu vou te matar! Eu eu odeio que me bata nas costas! Lidia — Seu Patrolão, não bata nele não! Suzi – Ele é só um fraquinho, Bony – Um inútil, Lídia — um palerma, Tony – Um débio mental, Lenice – Um zero à esquerda! Coró – Êpa! Suzi – Desculpe, só queria ajudar! Patrolão – Saiam daqui! Epa, menos você. Turma, pegue ele!

Agora vou te ensinar que ninguém bate nas costas do Patrolão! Lucinha – patrolâo, não faça Isso, ele é só um garoto! Patrolão -O Lucinha, fique fora disso! Lucinha – Mas Patrolão. Patrolão – Saia daqui… (Bate nela) Tire ela daqui! (Espanca o Coró) Patrolão – Nunca mais bata nas costas do Patrolão, seu verme! (Saem debochando) cena 2: Lívia – Eles bateram muito nele! Lara – Eles espancaram o coitado! Tati – Não fizeram nada para ajuda-lo! Lilia – Isto tem que parar! Kéty – Até quando esses marginais vão tomar conta do nosso colégio? Lara — Gente e o estado que o Coró ficou?

Tati – Parece que foi atropelado por uma jamanta! Lilia — Eu que num queria estar na pele dele! Lívia – Falando no Coró, olha ele vindo aí! (Entra o Coró cheio de cur as acompanhado com o 18 que ele deve ser um gatinho! Lara – Até que enfim carne nova no pedaço! Tati – Tomara que ele seja lindo mesmo! Lilla — Vamos dar uma festa de boas vindas pra ele? Coró – Eu ouvi festa? Cadê o bolo? Todos – Corá! Coró – Foi mau! Joe – Eu conheço este novo aluno. Vitim – Ele é meu primo. Lívia – Joe, apresenta ele pra gente! Kéty – Ele é seu primo??? Lara – Quando é que ele chega?

Joe – Ele já chegou,está logo ali. Vou busca-lo! (Vo ta com o Jeca) Joe – Gente, este é o Jeca! Tati – jeca? Lília — Este que é o novo aluno? Jeca – Sô eu mermo! Vitim —Jeca, elas estavas doidas pra te conhecer. E este é meu amigo Coró! Coro – E aí chegado, bate aqui! Jeca – ué , bate pra quê? Coró – Bate aqui meu chapa, bate forte amigão! jeca – Que trem isquizito… ta bão… já que sê qué apanha.. (Bate com um murro) Vitim —Jeca! Jeca – Ele qui pidiu, todo mundo viu! Lívia – Que decepção! Lara – Eu vou embora… Tati – Vamos meninas! Joe – Caró, vamos mostrar o colégio pro Jeca! na 03 Patrolão – É isso aí, vamos mo todos iá sabem, hoje sete clientes novos! Patrolão – Beleza, Maroca e Margô, sua vez! Maraca — Toma aí o acerto da semana! patrolão – E al? Mais quantos clientes novos? Margô — Nenhum cliente novo. Os homi tava na porta do colégio quase todos os dias… Patrolão – Não quero saber de desculpas! Você sabe que a regra é no mínimo 3 clientes novos por semana, por isso… (Dá um soco nela) Dá próxima vez eu te arrebento! Bebu e Canibal , sua vez! BEBO – Ta aqui meu acerto… Patrolão – Epa, epa epa! Ta faltando dinheiro aqui, Bebu! Bebu – Faltando? trolão – É faltando, Bebu! Canibal – É que o terceiro ano deu uma festinha no domingo, daí eu fui lá pra fazer umas vendas. Bebu – Aí, eu tive que dar umas cortesias pra fazer clientes novos, consegui mais 8! Patrolão – Só que ta dando cortesia demais, Bebu! Vamo manerá! Bebu, tenho um servicinho pra você. Tem uma tal de Lídia, que já é cliente antiga e que está querendo pular fora, quero que você dê um aperto nela! Bebu – Dexa comigo, chefe! Vou dar um jeitinho nela. Patrolão – As vendas estão crescendo, isso é bom. Vocês estão trabalhando bem. Continuem assim. Mas ai de quem tocar no aterial… uem quiser me pede que eu dou! Depois, a gente acerta no dia do pagamento. Drogas… isso é um lixo! Enquanto vocês e mais milhares de pessoas se drogam, meus bolsos só vão enchendo de grana! Eu não uso, eu só vendo! Pois, drogas vicia e matam. Mas, gosto é gosto… como as vendas foram boas, trouxe um presentinho pra vocês… (Drogam-se, menos o patrolão e a Lucinha) foram boas, trouxe um presentinho pra vocês… (Drogam-se, menos o Patrolão e a Lucinha) Patrolão – Ta bom, vamos lá pro colégio, a galera já ta quase saindo.. Cena 04 Bebu – E aí meninas? Quanto tempo… Lídia- E aí Bebu – O que é que houve.

Lídia? Margô – Já fazem duas semanas que você não nos procura? Lídia — É que eu ando estudando muito. Lenice – Deixem agente em paz! Bebu – Ok, ok… (Disfarçando mostra dentro da jaqueta) E al? O que é que você vai levar hoje? Lídia – Hoje? Nada. Eu ainda tenho da última compra. Bebu – Tem nada! Ce ta é me enrolando. Margô – Ta querendo pular fora, é? Lídia — Não é isso, gebu. É que eu me cansei dessa vida, eu quero parar… Bebu- Só tem um detalhe, Margô – quem entra na nossa parada num sai mais não, falô? (Pega-a pelo pescoço) jeca – (aparecendo) Ô guri… chu mió ocê sortá essa muié.

Bebu – ÊÊ, quem é ocê da roça? Jeca – Meu nome é Jeca Virgulino Frutivênio Anastácio Barbosa Prudente do Rosário Pinto. Mas pode me chama de Jeca! Bebu – Eu vô acabar com essa daqui primeiro, depois nós acerta nossas contas! Jeca – Ta cum medo de mim é? Bebu – Quer saber? Eu vou te dar uma lição é agora! (Tenta dar um murro no Jeca, mas com um golpe o Jeca o joga no chão) jeca – Da próxima vez eu te capo! Margô — ô roceiro, onde você vai? Num acabou não! (Tira um canivete) Jeca – (zombando) CÊ ta d ipo é? Isso aí num chega minha Formosa… (Tira um facão) Margô – . com medo) Cê pensa que to com medo desse facão?

Você ta muito enganado. Eu vou voltar roceiro, me aguarde! (sae correndo) Jeca – Facão não, Formosa. Quem era esse aí? Nicka – Ele é da turma do Patrolão. Jeca – Ah, lá na roça tem uma baita patrolona também! É deeses traste que oceis tem medo? Se o resto da turma fã iguar a esse aí eu vAmorre di medo… eu vApra arla de ingreis, já to atrazado… Bony – Como ele é forte… Suzi – Como ele é lindo… Tati – Quando c Patrolão ficar sabendo, vai matar ele.. Lívia – Gente estou amando… Lara — Eu também… Nicka – Realmente ele é lindo… as aquelas roupas dele. Bony – Vamos dar um banho de loja nele?

Lídia — Vamos! Vamos transforma-lo num gato! Lara – É isso aí. Vamos lá pra lanchonete combinar tudo bem direitinho! cena 05 Maraca — Lucinha, não faça isso! Malão -Se o Patrolão te pega… Lucinha – Foi o Joe que marcou esse encontro, ele disse que queria falar comigo… e disse que era urgente. Maraca —O Patrolão já te avisou que não é pra você nem chegar perto dele! Malão – ele vai acabar com vocês. Lucinha – Mas eu quero ficar com ele! Maraca — Não tem jeito Lucinha, parte pra outra! Aí vem ele, vou indo. A Maroca e o Malao vão saindo e esbarra no Joe de propósito ) Joe – Lucinha.

Lucinha – Joe… não consigo ficar separado de você. Eu já achei uma solução para o nosso problema. Lucinha – Solução? Que solução? Joe – Vou enfrentar o patrolão! Lucinha – Nunca! Ficou doido? Enfrentar meu primo? Eu te quero vivo! Joe -É a única saída, Lucinha. Lucinha – Ele vai matar você! Joe – Por você eu faço tudo. Eu já decidi, vou enfrentar o Patrolão! Patrolão – Então chegou a hora… Lucinha – (Indo até o Patrolão) Não faça nada com ele! (O Patrolão empurra-a e o Joe avança nele para defende-la, mas é enforcado elo Patrolão) joe- Não!!!!!! Jeca – Achu mio ce sortá meu amigo…

Bebu – Chefe! Esse éo roceiro de quem eu falei! Patrolão – Foi dessa coisa que você correu? Não acredito! Jeca – Tu é feio assim mermo ou tá fantasiado? Patrolão – Temos uma continha prá acertar, logo depois que eu acabar com esse aqui. Jeca – ô seu cara di bol… (Mostra o facão) Ei já disse prá sortá meu companheiro! Patrolão – Isso não me amedronta, eu só te aviso uma coisa, ainda não chegou a nossa hora. Mas fique tranquilo, nossa hora ainda vai chegar. Só nós dois… Simboral (Aplausos dos amigos) Jeca – Ô meu amigo Joe, tome mais cuidado! Joe – Obrigado, Jeca.

Mas agora você ficou marcado com eles, tome cuidado também! Jeca – Esses caras não são di nada. Lenice – Como você é corajoso… Lívia – Espantou o Patrolão e toda sua turma… Isso nunca tinha acontecido antes… Tati – Suzi – Você é o nosso herói… Jeca – Carma muiézada! E ca di nada! Carma muiézada! Eu num fiz nadica di nada! Lídia – Fez sim, e fez muito! Bony – Agora prá completar, só falta um ” tcham”! Jeca – Farta o quê? Nicka – Falta um tcham! Olha só prá você! Lara — Veja que roupas estranhas, encardidas. Jeca – Quê qui tem minhas rapa? Lá na roça todo mundo se veste assim.

Essa rapa, eu só uso prá ir em festa. Kéty – Aqui na cidade não se usa esse tipo de roupa! Tati – Mas não se preocupe.. Suzy – Nós vamos te dar uma forcinha. Jeca – E quem foi que disse que eu to precisando de forcinha… Eu já tenho a Formosa… (Mostra o facão) Lídia — Não é isso. Vem aqui com a gente que você vai ver. Bony – Meninas, tá na hora do plano! Nicka – Vamos, você vai passar por uma transformação! Cena 06 Patrolão – Eu estou indignado! Aquele caipira me paga!!! Canibal – Como pôde acontecer isso? Maraca — Ninguém nunca tinha nos enfrentado antes!

Malão – Isso não vai ficar assim. Patrolão – Aquele caipira pensa que pode me amedrontar com aquele facão… Conha – Pior que ele conseguiu. Patrolão – AHHHHHHHH!!!!!!! (Esmurra o Conha) Vou fazer ele comer aquele facão! Margô – O que você fez com a sua prima Lucinha? patrolão – Dei uma surra que ela nunca mais vai esquecer! Bebu – E o que vamos fazer com o namoradinho dela? Patrolão – Eu já pensei em como vou me livrar dele. A sua família já pode providenciar o caixão! Malão – Chefe nós não podemos mata-lo! Conha – Se não a polícia v o em cima da gente! polícia vai cair matando em cima da gente!

Patrolão – E quem foi que disse que vamos matar o cara? Ele vai se matar sozinho! Maraca — ÊÊ, qual é o plano chefe? Patrolão – Ele disse que ama minha prima e que faria tudo por ela, não foi? Canibal – Foi, e dai? Patrolão – Pois bem, ele terá a chance de provar isso. Terá de entrar para o nosso bando. Canibal – O quê? O Joe ? Um de nós? Você pirou! Patrolão – Calma que eu explico. Ele entra para o nosso bando e aí vocês o tornam um viciado! Vai tomar tanta droga que vai parar num túmulo de cemitério. Como todos os viciados! (Gargalhadas) Simbora! Vão vender material que eu vou ver se encontro esse tal e Joe!

Cena 07 Nicka – Não fique assim Joe! Joe – O que será que o patrolão fez com a Lucinha? Coro – Ah, o mesmo que fez comigo! Coro – Fio mau, gente! Nicka – Vai chegar o dia em que nós vamos expulsar esses bandidos, daqui do colégio. Tony – Onde está o Jeca? Não o vejo desde ontem.. Lidia – Rapaziada, as meninas deram um trato nele. Suzy – Dobrem a língua! Agora o seu nome é Jack, o terror das mulheres. Coro – E onde está este Conde Drácula? Tati – Conde Drácula? por que Conde Drácula? Coro – Ué… você não disse que ele é o terror das mulhers? Coro – Foi mau, gente.

Arqitetura

0

UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO GRANDE DO SUL INSTITUTO DE NFORMATICA PPGC – PROGRAMA DE PУS-GRADUAЗГO EM COMPUTAЗГO CMP 135 Arquiteturas

Read More

Pim gafisa

0

INTRODUÇÃO As organizações visam cada vez mais o bem estar de seus colaboradores. A implantação de QVT (Qualidade de Vida

Read More